Slings, fraldas e outras coisinhas.

Uma vez, ano passado, eu estava no ponto de ônibus com o A. e vi uma mulher linda linda, aparentando uns 33 anos, de mãos dadas com uma menininha e carregando no colo um bebê. Ela estava com um vestido longo cor de vinho e uma faixa rosa escuro, onde carregava o filho. Eu achei aquilo tão bonito e diferente, e nem imaginava que é febre entre as gravidinhas cool hoje em dia.

A tal faixa é chamada de sling. Take a look:


Trata-se de uma faixa de pano para carregar o bebê. Ok, dedutivo. Mas é sensacionaaal, porque além de ser linda (e permitir n combinações de cores), é muito bacana para o bebê – é basicamente carregá-lo sempre no colo, com você, permitindo que você fique com as mãos livres para qualquer outra coisa, e ele se sente seguro, quentinho, pertinho da mamis. Dá para usar em todos os lugares e em qualquer ocasião, até para amamentar. Não só a mãe pode usar, mas todos os parentes!

Enfim, nem preciso dizer que vou ter pelo menos um. Ainda não encontrei com estampa de zebra, senão já teria comprado, haha. Mas talvez eu compre em uma cor lisa – verde ou berinjela mesmo.

Ontem conversei com o A. e decidimos começar a comprar desde já as fraldas de pano, porque elas são um pouco mais caras e vamos distribuindo o valor no decorrer dos meses da gravidez. Já pesquisei bastante e cheguei ao ponto de nem cogitar mais as fraldas descartáveis, que são absurdas não só pelo gasto que se tem, mas pela imundície ambiental.

As fraldas de pano hoje em dia são super modernas e podem ser lavadas e secadas na máquina, dando só um pouco mais de trabalho que as fraldas descartáveis. Porém, os benefícios são incomparáveis:

  • o bebê fica menos tempo com a fralda suja – sujou, trocou. as fraldas descartáveis podem ficar “mais tempo sequinhas”, mas não significa que estejam limpas – ou seja, o bebê continua sentando em uma “almofada de xixi”, o que pode dar (e geralmente dá) alergias e assaduras. com fralda de pano isso não acontece.
  • as fraldas de pano são feitas de tecidos naturais, como puro algodão. isso fará com que elas se desfaçam muito mais rápido quando forem jogadas fora, ao contrário das fraldas descartáveis que demoram 450 (!) anos.
  • enquanto um bebê utiliza, até os dois anos de idade, uma média de 5.500 fraldas descartáveis, com as fraldas de pano ele utilizará no máximo 65.
  • as fraldas de pano têm estampas lindinhas e isso é legal sim, vocês sabem. fora todo o charme.
  • as fraldas de pano são feitas no mesmo formato das fraldas descartáveis – ou seja, com botões e elástico na cintura. não são mais aquelas coisas esquisitas que tinham que ser presas com fita crepe ou alfinetes.
  • apesar de o investimento inicial ser maior, a longo prazo gasta-se muito menos com as fraldas de pano, especialmente as ajustáveis (que servem para todos os tamanhos).
  • usando fraldas de pano, o bebê, conforme vai crescendo, pode perceber a diferença entre seco e molhado, e passa a usar o piniquinho mais cedo, largando as fraldas.
  • as fraldas de pano utilizam refis dentro, que podem ser comprados pelo mesmo fabricante ou serem feitos de qualquer pano, inclusive aquelas fraldas tradicionais fininhas que custam muito barato.

Acho que o mais importante é não pirar. Dá pra intercalar com fraldas descartáveis sim, especialmente naqueles dias que você simplesmente não está a fim de cuidar de fraldas, ou então vai viajar ou passar o dia todo na casa da sogra, por exemplo. Mas já dá uma diminuída legal nas descartáveis, e isso sempre é válido.

O duro é que, por eu ser mãe de primeira viagem, fico perdidaça com as quantidades. Já li nas comunidades do Orkut as pessoas falando de 10 fraldas por bebê, enquanto outras diziam que com certeza precisa de 25 a 35. Por isso nós vamos comprar umas 10 e ver no que dá. Sempre dá pra pedir mais depois. Agora a dura tarefa é a de escolher 1) o modelo e 2) as estampas, haha.

Estampas que eu estou a fim de comprar neste primeiro mês:

No site que é recomendado por 10 entre 10 mães, o Baby Slings, que é uma fábrica de Gramado-RS, há os seguintes tipos:

Fralda tradicional: tem do tamanho RN (recém-nascido) ao GG, possui 5 camadas de pano, é impermeável e tem uma variedade imensa de estampas, mas nada de zebrinhas e caveirinhas, só aquelas de bebês mesmo. Custa R$21,00.

Fralda plus: tem apenas dois tamanhos, ambos ajustáveis, correspondentes aos dois primeiros anos do bebê. Aparentemente, compensa bastante, pois o fato de ser regulável garante economia, right? Não vou precisar comprar toda vez que mudar de idade… mas será que isso não é ruim? Será que não fica larguinha no começo? Custa R$18,00.

Fralda windy: O mesmo esquema da plus, só que com um tecido de secagem rápida, o que é um diferencial. Custa R$18,00 também.

Eu sinceramente ainda não sei qual comprar. Parece que a tradicional é a melhor, dura mais, tem várias camadas de absorção, blablabla, mas tem a questão do tamanho. Mas será que não é melhor comprar o tamanho específico? Nhai, quantas dúvidas! 😄

A verdade é que tem bastante coisa pra comprar, mas nós estamos com o pé no freio. Não compramos nada ainda, especialmente referente a roupinhas, mas sei que logo logo vamos comprar umas coisas. Já fiquei apaixonada por várias coisas, tipo:



Advertisements
This entry was posted in Gravidez. Bookmark the permalink.

2 Responses to Slings, fraldas e outras coisinhas.

  1. anne a. says:

    gente. adorei essas fraldas contemporâneas 😀 no meu tempo era aquela coisa branca que encardia e tinha que ser presa com fita adesiva (?).

  2. Thais says:

    pois é, acho que todas nós passamos por elas… =/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s