Segunda consulta e mudança de planos.

Hoje fui à minha segunda consulta na obstetra e fiquei sabendo que eu estou com uma infecção de urina bem forte. O exame foi feito em 04/09 e eu fiquei o mês inteiro sem tratamento, pois a médica só tinha “vaga” para o retorno hoje, mais de um mês depois da primeira consulta. Ela disse que eu poderia ter perdido o bebê por causa dessa infecção o.0, que “por sorte eu fiquei bastante em repouso no mês que passou”. Fiquei indignada durante um par de horas mas já passou. Já comecei o tratamento com antibiótico e estou com o pensamento positivo. Meu bebê é forte e está aqui, muito bem, obrigada. E vamos que vamos.

Mas o episódio me fez tomar uma decisão que eu já vinha querendo há algum tempo: largar o convênio. Esse convênio que eu tenho decaiu muito nos últimos anos e está pior do que hospital público. Minha consulta hoje era às 14h, eu cheguei às 13h30 e só fui atendida às 15h. Recepção lotada, um monte de grávida de pé, aff. Sério, não dá. Já fui no SUS aqui perto com a minha mãe e lá é super limpinho, arejado, rápido e eficiente. Além disso, quando o A. e eu legalizarmos os papéis do casamento, eu posso ter o plano de saúde da empresa que ele trabalha, que é bem melhor que o meu. Apesar de não cobrir o parto, eu não tenho carência para usar o pronto-socorro e fazer os exames, por exemplo, porque é pré-natal. Então vou fazer isso. Vai ser bom. Graças, viu. Esse meu convênio é horroroso.

Eu li várias críticas positivas a respeito do atendimento do SUS para gestantes. Sobre o parto na rede pública: “A vantagem do sistema público é que se tende a não abusar da tecnologia. A necessidade de economia se torna um benefício para a mãe e seu bebê.” (ONG Amigas do Parto)

Sobre a infecção, além de tomar o antibiótico (cefalexina) de seis em seis horas e fazer repouso durante o tratamento, li no meu livro (veja ao lado) umas dicas para agilizar a cura:

  • Beber muita água, que vai eliminar pela urina as bactérias.
  • Evitar café, chá e álcóol (lógico).
  • Nunca segurar o xixi.
  • Usar só calcinhas de algodão.
  • Tomar iogurte com lactobacilos vivos para ajudar no intestino.
  • Repousar.

De resto, normalíssimo.

Advertisements
This entry was posted in Gravidez. Bookmark the permalink.

2 Responses to Segunda consulta e mudança de planos.

  1. Bia Lombardi says:

    nem me fale em convênio vagabundo…. eu fiquei 2 meses sofrendo com asma e nem o pneumologista e nem o otorrino do convênio ficaram mais do que 10 min comigo na sala. só receitaram anti-alérgico nem pediram exames detalhados ou se importaram muito.um lixo!troque mesmo se vc estiver descontente 🙂

  2. Thaís, como vc sabe estou passando por uma fase complicada de saúde e acabo de me livrar de uma infecção urinária fortíssima. além de estar com o problema nos rins. Bom, pergunte ao seu médico se não há restrições por causa da gravidez e tome suco de cramberry. É tiro e queda para curar a infecção (pesquise no Google, tem várias reportagens sobre isso). Digo por experiência própria! Beijoca.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s