Infecção urinária – parte II.

* Hoje acordei com muita dor de manhã (suportável, porém), e decidi ir até o pronto-socorro. Terminei de tomar domingo o antibiótico prescrito pela médica para a infecção urinária e, desde então, comecei a sentir essas dorzinhas (que antes do remédio eu não sentia). Fui até o hospital e acabei passando o dia lá entre atendimento, exames, esperar resultado, retorno etc. Resultado: minha infecção está mais forte (o antibiótico da semana passada fez cócegas, então?) e a médica me receitou mais sete dias de outras balinhas para o estômago. Comecei a tomar agora de noite. E lá vamos nós.

* Eu disse a ela que estava muito preocupada com a infecção e o bebê, e ela disse que eu preciso me preocupar se: 1) sangrar e 2) aparecer algum tipo de corrimento amarelado ou marrom. o.0 Como nada disso sequer ameaçou acontecer, ela disse pra eu apenas pegar leve nas atividades, repousar quando puder e tomar a medicação de 6 em 6 horas (bomba no estômago de novo, aiai). Mas é para o meu bem e para o bem do bebê, então né.

* O engraçado das salas de espera de pronto-socorro para gestantes são os papos. Inevitáveis. “Quantos meses?” “O que você sente?” “Quanto você já engordou?” Tinha uma menina (ainda chamo mulheres jovens de meninas) que tinha tido neném há duas semanas e estava lá para tirar os pontos da cesárea. Uma outra, com o bebê de menos de 1 mês, chorava porque o bebê não parava de chorar – se esgoelava. Ai, me deu um medinho. Falei pro Ande: “imagina a aflição que deve dar o nenê ficar chorando desse jeito e não parar de jeito nenhum, e você sem saber o que está acontecendo?”. Mas vamos que vamos. Tinha uma outra moça grávida de 7 meses tomando medicação porque estava com muita dor nas costas. Fica todo mundo ali naquele papinho que – estou prevendo – vou ter que encarar em todas as próximas consultas. Ainda acho tudo meio pitoresco.

* Na volta pra casa, descobri uma loja baratíssima de roupas indianas no Centro e finaaalmeeente encontrei o caftan que eu queria, com a estampa tipo Liberty e por 35 royales! Ou seja, eu sou uma grávida que já tem quatro caftans. Meu verão será uma espécie de Turkey Pregnant Fashion Season.

Advertisements
This entry was posted in Gravidez. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s