Banheiras.

Fazer enxoval é lindo. Mas daí a realidade volta para a sua vida e você fica chocada com 1) a quantidade de coisas que precisa comprar e 2) o preço dessas coisas. A Raquel e a Magna me ajudaram muuuito com as melhores dicas de todos os tempos, o que me tirou do sufoco a respeito do que precisa e do que não precisa. A questão é que você percebe que o que realmente é necessário também pode ser bem caro.

Tipo banheira. Oras, todo bebê precisa de uma banheira. Você pode comprar aquela da loja de 1,99 que custa 25 reais, mas daí descobre que ela racha fácil, que é perigosa, que o plástico pode ser tóxico etc. Então vê que o buraco, como sempre, é beeem mais embaixo e começa a pesquisar, logo ficando maluca.

Esta é uma das escolhas mais difíceis do enxoval, pois os modelos são inúmeros e ainda não sabemos exatamente do que precisaremos. – Site “Gravidez de Gêmeos”

Os tipos de banheira, segundo o site:

Banheira com Trocador: Possui suporte com travas, tampo trocador acolchoado, saboneteira com porta toalha, mangueira para escoamento da água. Este modelo é excelente, pois além de proporcionar aos papais uma posição confortável na hora do banho, permite que sequemos e troquemos o bebê no mesmo ambiente do banho. É só deixar a toalha posicionada no trocador, tirar o bebê da banheira, abaixar o tampo e já acomodar o bebê encima da toalha. Muito prático e funcional. Existem nos tamanhos médio e grande, o tamanho médio já atende perfeitamente. Desvantagem: quando a criança estiver grande é necessário atenção para ela não puxar o trocador enquanto estiver na banheira. E eu também cheguei à conclusão que para ter uma banheira dessas é preciso deixá-la sempre montada no banheiro, o que aqui em casa é inviável, porque o espaço é pequeno. Já me falaram pra deixar no quarto, mas aí vira uma molhação que só né. Não sei se é legal. Além disso, a média de preço dessas banheiras é de 200 reais para cima. Não, obrigada.

Banheira com Suporte: Possui suporte que proporciona aos papais uma posição confortável na hora do banho, muitos modelos possuem mangueira para escoamento da água. É muito prática, ideal para quem já tem um local para troca no mesmo ambiente do banho. Achei meio fuleira e com condições parecidas demais com o modelo acima (a questão do espaço). A vantagem é que ela é bem mais barata, na média de 70 reais.

Banheira Comum: Geralmente feitas de plástico ou silicone, estas banheiras são muito utilizadas. Algumas possuem o assento anatômico. Os papais devem apoiá-las na cômoda ou mesa para dar banho numa posição confortável. Desvantagem: A maioria dos modelos não possuem mangueirinhas, dificultando a retirada da água. Gente, mangueirinha! Eu nem tinha pensado nisso! Essas são as famosas banheiras da loja de 1,99, que custam uns 25 reais.

Banheira Tummy Tub: É uma banheira terapêutica, tipo ofurô. O material é transparente para facilitar a visualização do bebê, não tem arestas cortantes e sua base é antiderrapante. Proporciona aos bebês tranquilidade e relaxamento durante os banhos. Devido a posição dos bebês, este tipo de banheira reduz até as cólicas. Indicada de RN à 6 meses de vida. Desvantagem: Melhor ser utilizada como uma segunda banheira, intercalada com a banheira comum. Sua utilização é até o sexto mês, sendo inevitável a compra da banheira convencional. Acho sensacional e com certeza vou utilizar junto com a banheira principal, mas a versão nacional dela custa 120 mangos, o que pra mim é meio irreal. Vou usar um balde bem estruturado mesmo, que muita gente já usou e disse que é a mesma coisa. Imagino que dar um banho no nenê no balde, de noite, depois da massagenzinha deva proporcionar o melhor sono ever, hehe.

Banheira Inflável: Ideal para levar em viagem. São coloridas tornando o banho divertido e seguro. Possui uma superfície com textura especial que reduz o risco de escorregões. Por enquanto, não será necessária.

Banheira Anatômica Dobrável: Ideal para quem não tem espaço para guardar a banheira. Possui bloco de espuma resistente a mofo que não deixa o bebê escorregar; é compacta e dobrável podendo ficar dentro do guarda-roupa. À primeira vista, me pareceu a melhor opção. Depois eu pensei melhor e achei ela meio esquisita, além de descobrir que só dura até a criança completar 6 meses – ou seja, não compensa o custo-benefício. Ela custa uns 150 reais em média, o que daria pra comprar quase uma por mês das comuns.

Realmente, ainda não sei. Não sei se compensa comprar uma banheira cara, porque sabe, é mais uma coisa cara e nós estamos realmente precisando gastar o mínimo. A primeira, que é a banheira com suporte e trocador, parece que tem uns modelos dobráveis, o que já facilitaria, mas continua batendo no quesito preço. Talvez se eu procurar pela net encontre alguma mamãe vendendo mais barata.

Por enquanto, a “escolhida” é a seguinte:

Marca Burigotto, preço em média: 159 reais.

A banheira é o primeiro dos 4326437647328643278 itens do enxoval. Vou tentar falar de todos aqui no blog.

Update: Segundo o Anderson, a mãe dele “sempre usou as banheiras comuns e colocava a banheira na cama, em cima de um ‘negócio impermeável'”. Isso já baratearia tudo, mas segundo a minha mãe, “deixa pra decidir mais pra frente”.

Complementos de banheira

De todos que eu já vi em listas por aí, o mais útil é a redinha que se coloca na banheira. Ela serve pra segurar o nenê e evitar que se afogue, aquela coisa dramática. Se pensar bem, é uma boa mesmo, porque a imagem que eu tenho é da mãe segurando o nenê todo escorregando, aquele momento meio tenso. A tal redinha custa uns 10 reais e parece que dá essa tranquilidade.

This entry was posted in Enxoval, Gravidez. Bookmark the permalink.

2 Responses to Banheiras.

  1. Cibele says:

    eu sempre no apoio, repara: é, infecção urinária é uma das mais perversas evah! tão comum e perversa. só pra reforçar o seu cuidado ;)e eu fico totalmente perdida entre seus posts, os papos da ju e os da quel. tudo que vcs falam/escrevem me assustam. acho tudo pavoroso em volta desse assunto de ter bb, haha assim, é tudo muito complexo, novo, corpo novo, formar vida no útero, bb sai e não para de chorar e eu sempre pensei: poxa, reencarnação suxxx. nascer, viver tudo de novo e com bb é meio que a mesma coisa, mas agora é vc criando, formando um ser. eu acho que vc tá bem calma. por agora, vc está se saindo bem. tudo calmo, aparentemente. te vejo com ansiedade em algumas frases, porque vc é ansiosa mesmo, mas a gravidez com certeza vai te ajustar nesse departamento hah no mais, acho que este seu blog como seu depoimento vai ajudar muitas mães de primeira viagem que ficam nessa spiral que todas entram. vc pode depois mandar imprimir tudo e dar pra hermione, hermitone haha kidding (sério que acreditei que este seria o nome) um livrinho pra ela se divertir.uma pergunta: se vc puder escolher, vai ser parto normal? a quel insiste que ela não teve parto por causa da cesariana. quer porque quer ter parto normal no próximo bb. eu horrorizo toda vez q ela fala isso. ela simplesmente fala que a gravidez dela pulou o parto ahahha eu acho interessante esse ponto de vista. horrorizo, mas é interessante ;)take carexox

  2. Thais says:

    nhaaai, adoro vc, esse comentário foi muito legal! sobre o parto, falarei adiante. haha.nem me fala. toda vez que vejo o dvd do ultrasom fico me perguntando como é que pode ter uma pessoinha crescendo dentro de outra. acho um negócio bem foda, meio mágico, além da responsa enorme.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s