Maternidade, tipo de parto e data provável.

Queria falar um pouco sobre três assuntos.

Maternidade

Apesar de todo o conforto de fazer o meu parto na Maternidade do Braz, eu não confio muito no lugar. Todos os médicos são terceirizados, a troca de plantão é uma bagunça e a burocracia do meu convênio é enorme. Além disso, é longe de casa e a recepção lotada. Da última vez em que estive lá, uma moça estava em trabalho de parto, com o vestido molhado (da bolsa estourada), e demorou muito tempo para ser internada. O meu médico do convênio é um dos que fazem parto lá, e eu acho ele um tonto. Sei que é antiético falar assim de qualquer profissional, mas não estou citando nomes, então beleza. O cara fala super baixo, não entendo nada do que ele diz, e me passou uma péssima impressão ele ter feito exame de toque quando eu estive no PS, por perda de líquido. Então assim, não confio na maternidade. Não quero arriscar chegar lá em trabalho de parto e acontecer alguma coisa com o nosso bebê só porque o atendimento foi demorado ou ineficaz (tipo a enfermeira não fazer algo importante que deveria ter feito, e isso é super comum). E não quero arriscar fazer uma cirurgia cesareana (se for o caso) com uma equipe que eu não tenho ideia de quem é, se é qualificada etc.

Então sim, eu abro mão de todo o conforto que eu poderia ter apenas para estar segura no momento em que o meu filho nascer. Quero muito fazer o parto com o meu GO – confio totalmente nele. E olha que, para quem é pirada em teorias da nova ordem mundial, dizer que confia em um médico é um elogio absurdo.

A Beneficência Portuguesa é um p* hospital renomado, com muito mais estrutura (possui UTI neo-natal, por exemplo, que a Maternidade do Braz não tem). Tipo, a Maternidade do Braz não tem nem lanchonete. Pode parecer uma observação idiota, ou não! Mas o fato é que tudo me pareceu muito mais organizado, responsável e competente. E, mesmo sendo de atendimento público, a maternidade da Beneficência é maior e melhor apresentável que a do Braz. E é aquilo, meu GO é o chefe do centro obstétrico, ninguém vai folgar com uma paciente dele. Estou confiante.

E, segundo a minha mãe – e não que isso seja relevante, mas é um critério – “sempre é melhor nascer perto da Av. Paulista que do Brás”.

Tipo de parto

Concluí que o negócio é ler bastante até o oitavo mês, a respeito, e depois simplesmente parar. Desde que escrevi meu post sobre a possibilidade de fazer uma cesárea, venho martelando isso na cabeça, colhendo opiniões, lendo relatos, e decidi não pensar mais. Simplesmente não importa a forma como o bebê vem ao mundo e o que tiver que ser, será. Dane-se se tiver que fazer uma cesárea. Estou totalmente confiante se fizer com o meu GO. A recuperação faz parte, oras. Minha mãe sofreu pra caramba com os pontos da episio do parto normal, então é tão relativa essa questão dos pontos doloridos, do sofrimento com a recuperação e blablabla.

Quanto ao fato de ser um parto mais “frio” e bibibi e bobobo, nem vou entrar na neura. Sério, se preocupar com isso é piração. Tem que fazer o que for melhor para o bebê e pronto. Chorar porque queria PN e fazer PC só vai levar a uma depressão pós-parto. Ninguém é menos mãe porque fez cesárea, e ninguém é mais heroína porque aguentou 14 horas de trabalho de parto sem anestesia. Que se dane, cada mulher é diferente uma da outra, cada uma tem a sua opinião, seu grau de tolerância, seu conhecimento, suas vontades, seus medos. Eu continuo preferindo o parto normal, mas CANSEI de pirar a respeito de uma possível cesárea. Se tiver que ser assim, OK. E, de verdade, se tiver que ser cesárea para ser com o meu GO, prefiro fazer.

Data do parto

A data prevista para o parto é dia 24 de abril. Meu GO está na maternidade nas noites de quinta e do 1º e do 3º domingo de cada mês. Sendo assim, tenho as seguintes datas:

18 de abril – domingo – 39 semanas
22 de abril – quinta – 39 semanas e 5 dias
29 de abril – quinta – 40 semanas e 5 dias

Jamais faria uma cesárea com menos de 39 semanas, e acho que marcar para muito depois da DPP é arriscado nascer antes em um dia avulso, sei lá. 18 de abril é um bom dia, porque se eu fizer cesárea, fico 3 dias no hospital e vou para casa no meio da semana, o que me dá um intervalo de alguns dias antes das visitas no sábado. No entanto, acho ruim marcar com menos de 40 semanas. Quanto mais tempo ele ficar dentro do útero, melhor.

Conversei com o Ande e ele acha que dia 22 é bacana, porque é mais próximo da data prevista, além de ser um dia que pode ser bom pra ele na época da escola (tipo o feriado cair na quinta e ele sempre estar em casa no aniversário, quando cair na sexta). Também tem a coisa de ele espalhar a verdade sobre o descobrimento do Brasil, que de fato foi só a posse do país pelos portugueses, que chegaram aqui bem antes, mas daí já é viagem da mãe dele, haha.

Fora as questões realmente importantes, tais como: 18 é 5 na numerologia, enquanto 22 é 11 (um número ótimo); 18 é áries, 22 é touro (porém, é o primeiro dia de touro, ainda com uma influência ariana). Todos esses papos.

Ainda acho esquisita essa coisa de escolher o dia para fazer o parto, porém, marcando o mais próximo possível da data, pode ser que eu entre em trabalho de parto antes (ou no dia) e faça o parto normal. Portanto, vou conversar com o meu GO sobre o dia 22 mesmo, e pode ser que eu entre em trabalho de parto no dia 18 (domingo), 15 (quinta), sabe-se lá! Mas pelo menos não vou tirar meu filho da casinha antes da hora. É basicamente: se não nascer até a DPP, fazer a cesárea, porque pronto ele já vai estar. E é extremamente comum entrar em trabalho de parto antes, so

Fato relevante – luas de abril:

6 de abril: Lua Minguante
14 de abril: Lua Nova
21 de abril: Lua Crescente
28 de abril: Lua Cheia

A minguante, que é a lua que mais desencadeia trabalhos de parto, está muito longe da minha DPP (e minha consulta é dia 4, então vai saber). A cheia, segunda lua preferida dos bebês, é depois da data. Então… nosso filho nascerá entre a nova e a crescente, seja como for, aparentemente.

This entry was posted in Gravidez. Bookmark the permalink.

6 Responses to Maternidade, tipo de parto e data provável.

  1. Mariii says:

    que legal ele será de touro! é mais fácil de lidar do que áries né? heheheq bom q vc ficou segura sobre o hospital, parto e td!bjssss

  2. Thais Bessa says:

    Eu tb pensava em fazer meu parto numa maternidade publica daqui que so faz PN humanizado, confiava tanto que faria com qq plantonista. Meu Plano B era fazer na maternidade particular com meu GO que fez o pre-natal. Mas na hora H meu trabalho de parto foi tao rapido que nao deu tempo de ir pra maternidade publica que eh longe pra cacete. Entao eh sempre uma boa vc escolher a maternidade mais perto, nunca se sabe…Sobre a lua, nao eh que a mesma lua (minguante ou crescente) influencia todo mundo, cada um te a sua lua, segundo minha bisavo ensinou e contavam assim antigamente, muito antes de contar por semanas com os medicos. Eh assim, vc ve qual lua estava na data da concepcao (da pra estimar se nao souber exatamente). Dai conta nove da mesma lua pra frente. Na nona eh a sua lua. Comigo deu certinho, minha bebe nasceu nessa lua, com 39 semanas e 4 para 5 dias.

  3. É Thaís, não adianta a gente ficar se martirizando por causa do parto. O mais importante é escolher um bom médico, um bom hospital e deixar as coisas acontecerem naturalmente. Se não der PN, não se culpar e aceitar acho que é o mais sensato a fazer. Não é a PC que é desumano e frio, se você estiver com todo seu coração naquele momento! O importante é o Paul vir com saúde e será recebido com muito amor!!Bjosss

  4. FLOOOOOOOOOOOOORRRRRRRRRR, isso aeeeeeeee!o Jp veio de PC, pq precisou…eu lá ia sofrer a tal pré-eclampsia pq ia brigar por PN???Naaaaaaaaaaaaaao senhora! Então olha só…meu filho ta lindo, forte e saudável. não tive depressão nehuma por causa disso. depende de cd uma, de cd acompanhamento, família, marido, e claro um Go e maternidade da sua confiança. Vc ta certa e concordo cm sua mamis!A BP é sensacional, minha GO tb atende lá, inclusive me deu como opção pra mim. Fui no São Luiz pq era o mais perto daqui de casa.Tha, faça o q o seu coração mandar, pq coração de mãe não se engana…é algo inexplicável, ok? A natureza se encarrega de tudo…eu fiz um pré-natal com todos os exames possiveis, mensalmente ultrassom e tudomais…e aí? JP nasceu de 36 semanas…tudo é relativo, o q importa é a saúde e o bem estar de vcs 2!Manda bala querida!!! Paul tá chegando e vc deve estar descansada e preparada pra nova etapa!Tamos aqui! SEMPRE!beijosJuju

  5. Thais Aux says:

    Mas assim… dá pra saber quando ele tá pronto?

  6. Thais says:

    depois das 38 semanas é ok, mas o normal mesmo é com 40. =)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s