Visitas na maternidade.

Não importa o quão inchada, dolorida ou anti-social você esteja: as pessoas vão te visitar na maternidade. Eu achei que isso seria chato, mas na verdade foi muito legal, porque eu ficava sozinha lá e era sempre bom receber amigos queridos e parentes.

Talvez seja diferente no caso do alojamento conjunto, porque deve ficar uma pegação sem tamanho no bebê. Posso ser meio chata pra essas coisas, mas os bebês são tão novinhos e tão sem imunidade quando nascem!

Seguem então algumas dicas e regrinhas para tudo correr mais ou menos bem, de acordo com o que eu vivi:

  • Tome um banho logo antes do horário de visitas. Vai te deixar mais disposta.
  • Tenha sempre água perto de você. Você vai falar bastante e sua boca vai ficar seca o tempo todo. É muito chato ter que ficar pedindo para alguém pegar.
  • Avise somente quem você realmente quer que te visite, pra evitar aglomerações no hospital. É uma boa ideia avisar as pessoas convidadas para que não levem agregados (não tenha medo de parecer chata com relação a isso, porque às vezes as pessoas fazem sem saber que não é legal).
  • Seja simpática com todos, dentro do que você conseguir. Eu estava com tanta dor que ficava com aquela cara de envelope o tempo inteiro, mas sempre agradeça quem for te visitar, aquelas regrinhas básicas de etiqueta.
  • Tente não falar muito (para não ficar com gases) nem rir forte (a cicatriz dói horrores).
  • Peça encarecidamente que ninguém vá doente. Sei que é básico, mas as pessoas costumam achar que não tem problema, quando na verdade tem todos, especialmente se for alojamento conjunto.
  • A maioria das maternidade proíbe a visita de crianças. Se a sua não proíbe, peça com cuidado para o pessoal deixar os pimpolhos em casa. Tudo o que você não quer é criançada correndo pra lá e pra cá enquanto você está internada.
  • Tenha uma versão resumida do parto na ponta da língua, porque você vai recontá-la várias vezes.
  • Algumas maternidades têm horários restritos para visitas, mas outras liberam das 8 às 21h, por exemplo. Prepare-se para as visitas que ficarão horas e horas. Não tem como fazer nada nesse caso. Se você estiver se sentindo muito mal e cansada, dê um toque para o seu marido e peça para ele avisar o pessoal. Do contrário, fica chato. Melhor aguentar (e a verdade é que é gostoso receber visitas, conversar, porque as pessoas que estão ali se preocupam com você, então tente levar mais na esportiva e ser gentil, dentro do possível).
  • Se você for amamentar seu bebê, já deixe seu marido avisado para pedir a todos que deixem o quarto durante algum tempo. É muito importante você não estar estressada nesse começo da amamentação, quando tudo é novo. Se eu tivesse que amamentar na frente das visitas, ficaria super constrangida, além de nervosa, porque o bebê novinho nem sabe sugar direito.
  • Se você quiser ter alguns momentos a mais com seu filho e marido na maternidade, comunique às visitas um horário diferente. Se for das 8 às 21h, diga que é das 13 às 20h, por exemplo.
  • Se o seu parto for cesárea e no mesmo dia você puder receber visitas, sério, proíba. Nem avise que pode. No dia você fica muito acabada, sangrando, com dor pra caramba, sem ter descansado direito. Deixe para receber as visitas que têm realmente que estar com você, como seu marido, sua mãe, seu pai. Amigos e outros parentes devem visitar somente a partir do dia seguinte. Deixe todo mundo avisado, especialmente seu marido, que terá o papel de avisar todo mundo pelo telefone.
  • Quando as pessoas pegarem o bebê (e elas vão pegar, é inevitável), peça para que não beijem, que coloquem um pano entre elas e o bebê, que evitem pegar no rosto e nas mãozinhas (eles ficam cheios de bolinhas) e, claro, primeiro de tudo: peça para lavarem as mãos! Se você tiver um pote de gel antiséptico, melhor ainda. Tenha em mente que você está certa e azar da visita se não gostar – o filho é seu e não dela.
  • Eu não levei lembrancinhas para a maternidade. Cada um, cada um. Acho bobeira.
Eu inchada e as visitas. Ninguém liga para o forno depois que o bolo fica pronto.

A verdade é que vale muito mais receber visitas no hospital, quando você tem todo um suporte, do que na primeira semana em casa. Aceite o fato: as pessoas vão querer te visitar, vão querer conhecer seu bebê. Então use a estrutura da maternidade para os mais afoitos. Receber visita em casa no primeiro mês é difícil. Eu pelo menos ainda não liberei o período de visitação, hehe, a não ser para parentes mais chegados. Época de frio, gente pegando gripe, sabem como é. O bebê é muito novinho. Talvez você não tenha nenhuma neura com relação a isso, mas seja responsável. Sempre terá aquele amigo fumante, ou aquele que saiu do trabalho e pegou metrô, ou alguém resfriado. Não dê mole para esse tipo de coisa. As pessoas terão o resto da vida pra agarrar seu filhote – um ou dois meses não são nada. Pense nele.

This entry was posted in Parto, RN. Bookmark the permalink.

6 Responses to Visitas na maternidade.

  1. Boas dicas como sempre né, Thaís!Bjosss

  2. Clarinha says:

    Eu acho que não vou nem avisar que tive o bebê, pra falar a verdade. Sou muito estressada com essas coisas. Uma pergunta, Thais, que não tem a ver com o post. Vc comenta às vezes sobre os dois livros da Tracy Hogg. Eu tenho apenas o rosa, que é a continuação do azul. Vc acha legar ter os dois?

  3. Michelle says:

    Obrigada pelas dicas Thais!Estou ainda decidindo em qual maternidade terei meu bebê, mas sei que em uma delas o horário de visitas é das 16:00 ás 20:00, acho esse um bom horário.

  4. Fabiana says:

    Hahahahaha. A legenda da foto é realmente ótima!!!!!!

  5. Cacau says:

    Não proibi as visitas e também amei trecebê-las em casa muita gente ainda não veio o q é bom, a única coisa que sou chata mesmo é em relação a higiene das mãos e as crianças colocar no colo. Só no mais rolou tranquilo até aqui. Bjs, Cacau

  6. val cia says:

    Adorei o resuminho. Não sou de 1ª viagem, mas a gente esquece muito fácil das coisas, principalemnte das ruins (ainda bem né)!Parabéns…E realmente…ninguém liga pro forno depois q o bolo está pronto, rsss

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s