Revisando o enxoval do Paul.

coisas que eu não comprei e realmente não precisei:

* termômetro para banho. uso o cotovelo mesmo, quando não minha própria mão. se eu tivesse ganho no chá de bebê, tudo bem, até acharia melhor do que confiar na minha pele, mas realmente não é uma coisa necessária.

* cesto de higiene daqueles que vendem prontos nas lojas. comprei tudo separado e, além de ser do meu gosto, foi muito mais barato.

* talco, apesar de ter ganho dois potes no chá de bebê (sem ter pedido). além de ser perigoso, acho inútil.

* malas de maternidade. dá pra usar qualquer bolsa ou mala que você já tenha.

* frasqueira térmica. mesmo agora que uso mamadeiras acho desnecessária, porque o leitinho precisa ser preparado na hora. porém, pode ser útil para carregar papinhas caseiras congeladas e em viagens. como não viajo tanto assim, ainda não comprei, mas um dia acho que acabarei comprando.

* conta-gotas. todos os remédios que precisam de conta-gotas já vêm com o mesmo.

* colcha para berço. como o bebê tira sonequinhas durante o dia todo, ia ser muito pouco prático ter que ficar tirando e colocando colcha toda hora.

* kit berço completo, daqueles vendidos em lojas para bebês. comprei tudo separado, além de a minha mãe ter costurado algumas coisas. saiu mais barato e ficou do jeito que eu queria.

* guarda-roupa e cômoda para o bebê. claro que, se você tem espaço, é uma boa, porque bebês têm muuuuita coisa pra guardar. como eu já tinha uma cômoda e um guarda-roupa embutido só para as coisas dele, não precisei comprar, mas se não for o seu caso, vale a pena.

* sapatinhos. todos os que o Paul tem foram presentes. acho bonitinho de colocar, mas não comprei nenhum e, se não tivesse comprado, também estaria ok. acho que, quando ele começar a engatinhar, aí sim terá mais sentido, mas até lá os que eu tenho estarão pequenos e eu não vou comprar mais. prefiro bodies e camisetas.

* conjuntinho pagão. ganhei alguns, mas nunca usei. talvez no verão eles façam mais sentido.

* saída de maternidade. usei um macacão mais bonitinho que tinha ganho de presente. acho meio absurdo o preço que as lojas cobram para esse tipo de roupa.

coisas que eu não comprei e precisei comprar depois:

* saco de dormir quentinho, para levar o Paul enroladinho para lá e para cá, deixar na cadeirinha etc. só enrolar na manta não adianta – fica desenrolando toda hora. fora que, com o saco, se ele pegar no sono, é só tirá-lo de um lugar e colocar no outro, sem tomar friagem.

* fraldas RN. comprei somente dois pacotes para levar para a maternidade, mas depois precisei comprar um monte, pois ele usou o primeiro mês inteiro (a da Pampers vai até 4,5kg).

* tesourinha para cortar unhas. as unhas nascem enormes e são super difíceis de cortar – só dá com tesourinha. o cortador vai ficar para quando ele for maiorzinho. é necessário cortar senão ele se arranha todo e nem sempre ele está de luvinhas.

* fita crepe. tem fralda que tem a cola péssima, e se você não tiver uma fita crepe à mão você pode passar por apuros, ou ter que jogar uma fralda novinha fora.

* lenços umedecidos. achei que não fosse usar por uns três meses, hahaha, que ilusão. comecei a usar assim que ele completou um mês de vida.

* móbile. comecei a fazer um artesanal, mas parei no meio do caminho. não comprei durante a gravidez porque achava besteira. acabei comprando um musical e ele é vidrado – adora a musiquinha e pira olhando os bichinhos. para quem puder, vale a pena comprar também aqueles móbiles de carrinho e bebê conforto. tudo o que distrai o bebê enquanto ele não está com você é útil.

* soro fisiológico. usamos para limpar o nariz do Paul quando ele ficou resfriado.

* canguru, mas ganhei de presente da ju fofíssima.

* correntinha de segurar chupeta. nada pior que ir até a cozinha com o bebê no colo e ele cuspir a chupeta no chão. com a correntinha, ela só fica pendurada. muito mais fácil.

* mamadeiras. achei que conseguiria amamentar numa boa, mas precisei comprar três mamadeiras depois. mesmo para ordenhar o leite materno, eu usaria, então acho que pelo menos uma é legal comprar ainda na gravidez, com bico ortodôntico etc.

* bicos de silicone. no começo, só consegui amamentar graças a eles, porque os bicos do meu peito encolheram. agora eles já estão ok, mas no começo, só com esses bicos.

* conchas de amamentação. meus peitos vazavam muito no começo e o Paul não dava conta de tanto leite, mesmo porque ele não conseguia pegar direito para mamar. usar as conchas foi a salvação, porque eu não perdia nenhum leitinho que vazava.

* escova de limpar mamadeira. nem precisa explicar.

* mosquiteiro. acho feio e não quis ter, mas ao avistar o primeiro mosquito voando no quarto eu fiquei desesperada pra comprar. já pensou se entra na boca do Paul enquanto ele estiver dormindo? ah, e tão imprescindível quanto o de berço é o de carrinho.

* bombinha de tirar leite. quando os bicos dos meus seios estavam moídos, doendo demais, a única maneira de dar leite para o Paul era tirando com a bombinha e dando para ele na mamadeira. é muito, muito útil, e depois você pode usar para tirar leite quando precisar ficar fora e outra pessoa precisar alimentá-lo em seu lugar (se amamenta exclusivamente com leite materno).

* leite artificial. depois de um mês amamentando exclusivamente no peito, e ele sequer tendo recuperado o peso do nascimento, complementar com NAM foi fundamental. hoje eu seria menos xiita e teria dado enquanto ele não aprendia a pegar o peito, para fazer a amamentação rolar de forma mais suave e natural, sem tanto estresse e pressão em cima. além do que, eu saberia que ele estava ganhando peso, pelo menos.

* sutiãs para amamentação maiores. eu comprei sutiãs do meu tamanho “normal”, mas só consegui usar um deles, que por acaso minha avó tinha me dado de presente no tamanho errado (maior). se eu soubesse, teria comprado pelo menos uns quatro, porque suja muito de vazamento de leite no começo.

* mais casaquinhos de lã. eu tinha comprado só dois durante a gravidez, mas uso muito. está frio e, como ele gorfa muito por causa do refluxo, suja demais. se eu soubesse, teria comprado mais casaquinhos e menos macacões, porque acho mais práticos.

coisas que eu não comprei e me arrependi:

* almofada para amamentação, daquelas em U. fez falta. improvisei com travesseiros, mas tem que ficar segurando o bebê e o travesseiro ao mesmo tempo, não é nada prático. aquelas almofadas encaixam no corpo devem ser bem melhores. fora que é uma coisa que você não perde, porque depois dá para usar de apoio quando ele for maiorzinho e quiser ficar mais inclinado, brincando.

* apoio para cabeça, para colocar no carrinho, no bebê conforto, no berço etc. são umas almofadinhas em C bem pequenas, para que a cabeça do recém-nascido não caia pra lá e pra cá. não comprei e senti falta.

* moisés. não compraria porque são muito caros, mas eu senti falta de uma coisa prática como o bebê conforto – pra levar pra lá e pra cá – mas que fosse confortável para o Paul dormir. ele não dorme no bebê conforto porque é desconfortável a posição. deveria ter comprado o moisés em vez do carrinho-berço.

* vaporizador. faria diferença agora no inverno, com o tempo seco.

* aquecedor. agora no inverno, ele passa muito frio na hora do banho. inclusive a vez que ele ficou resfriado eu acho que foi porque tomou banho de noite. acho que seria bem útil.

* pijama com abertura na frente. um bom pijama, flanelado, quentinho, faria diferença agora, nas mamadas da madrugada. o certo é ter mais de dois, porque suja demais com leite vazando e gorfadas.

* roupas confortáveis para descansar no resguardo. fizeram falta.

* cesto de roupas sujas especialmente para o bebê. eu deixo as roupas sujas no balde e, diariamente, jogo dentro da máquina de lavar até encher, e daí eu lavo tudo. se eu tivesse um cesto, seria mais prático, mas também seria um objeto a mais no quarto. faz falta, mas vamos nos virando por enquanto.

* roupas mais grossas. comprei só bodies e mijões fininhos e poucas calças de moletonzinho ou plush. agora no frio elas são as melhores, porque ele dorme bem mais quentinho.

coisas que eu comprei e nunca usei, ou usei menos do que eu esperava:

* luvinhas. o Paul se arranha o tempo todo, mas as luvinhas próprias para isso não adiantam nada – ela saem da mão, além de serem pequenas. uso meinhas mesmo.

* cotonetes. até usa bastante, mas não taaanto assim. eu ganhei muitas caixinhas no chá de bebê. acho que tenho estoque até 2012.

* pente. só usa escovinha. pente é para crianças maiores, com cabelo de verdade.

* shampoo. no primeiro mês, lavei a cabeça com o sabonete glicerinado da granado, que também serve de shampoo. estou usando o shampoo só agora, mas porque já tinha um frasco. rende bastante, porque gasta-se o mínimo.

* colchão para carrinho. é super fino e compensa mais dobrar um cobertor fofo e colocar lá.

* camisola para amamentação. usei só na maternidade e mesmo assim era uma chatice. prefiro mil vezes levantar a blusa que eu estou usando.

* edredom. até agora, só usei cobertores e mantas, porque está muito frio. acho que no verão vou usar mais, porque é uma coberta mais leve.

* panos de boca pequenos e com detalhes. os pequenos não servem para bebês com refluxo, porque ficam encharcados rapidamente. e a maioria desses paninhos tem rendas e bordas cheias de detalhes que só atrapalham na hora do uso. vale muito mais usar uma fraldinha de pano simples mesmo.

* protetor de berço. enquanto o Paul não rola, é desnecessário. tirei porque estava juntando pó. acho que daqui a alguns poucos meses, quando ele começar a rolar para lá e para cá, vai ser extremamente necessário, daí eu coloco de novo.

* macacões. ok, são quentinhos, mas acho super pouco práticos na hora de trocar fralda, por exemplo. eu uso, por causa do frio, mas trocaria tranquilamente por blusinhas de moletom ou mais casaquinhos de lã.

* bodies de manga curta RN e P. como o Paul nasceu no começo do inverno, mesmo nos dias mais quentes não tenho coragem de deixá-lo com roupa de manga curta, porque ele ainda é muito novinho. tudo bem, dá pra usar por baixo de macacões, mas não são tão necessários quanto os de manga longa.

* babador. eu uso, mas não precisa ter tantos como eu imaginava. eu comprei e ganhei vários. mesmo agora com as papinhas não preciso de tantos assim. ter um estoque para dois dias sem lavar roupa já é o suficiente.

coisas que eu comprei e usei/uso realmente no dia-a-dia:

* colônia. no primeiro mês, não usei, mas depois comecei a passar na roupinha dele, depois de cada troca. é uma delícia e fica aquele cheirinho característico de bebê.

* pomada para assaduras. usei direto no primeiro mês e agora uso só quando está mais vermelhinho, ou na troca noturna (quando ele fica mais tempo com a fralda em contato com a pele). comprei na quantidade certa (estou no quarto tubinho, se não me engano).

* sabonete líquido glicerinado da granado. os pediatras recomendam como o sabonete com menos química para bebês. usei durante o primeiro mês inteiro para dar banho. rende muuuito. acabou essa semana o único que eu comprei.

* carrinho-berço. o Paul dormiu praticamente só nele nas primeiras semanas, quando ficamos na casa da minha sogra.

* travesseiro anti-sufocante. tenho um para o berço, um para o trocador e outro para o carrinho.

* sling. para ficar no computador ou fazer coisas em casa, é a melhor opção. saídas rápidas (tipo mercado, farmácia) também. é muito bom ficar com as mãos livres e não deixar todo o peso do bebê nos braços. além disso tudo, é bom para o bebê ficar pertinho da mãe.

* porta-chupeta. tenho pavor de deixar chupeta jogada por aí e à mercê de qualquer mosquitinho que entre no quarto. fora que é imprescindível pra levar na bolsa e não sujar a dita-cuja.

* termômetro. quando ele ficou resfriado, media a temperatura o tempo todo para ver se ele estava bem. e é claro que termômetro é um negócio que sempre vou usar.

* absorventes para seios. vaza leite sem parar, e para sair de casa é meio imprescindível… a não ser que você queira ficar com duas marcas molhadas na altura dos seios (lindo). são meio caros para usar em casa, mas às vezes eu uso mesmo assim.

* cinta pós-parto. usei durante todo o primeiro mês, mas agora ela já está larga. quero mandar ajustar para continuar usando.

* mantas de lã, de plush, de algodão… elas são ótimas para cobrir o bebê quando está aquela brisa fresquinha, ou mesmo para servir de rolinhos no berço, ou de reforço no assento do bebê conforto. também uso para enrolá-lo para dormir. eu gosto e uso bastante.

* fronhas. como ele tem refluxo, preciso trocar sempre. eu tenho uma quantidade razoável.

* lençol de berço. uso normalmente, como na minha cama. não precisa explicar. o lençol de cobrir não uso muito, mas talvez no verão eu use mais.

* bodies baratinhos de malha. comprei um montão deles no brás e graças a isso o Paul tem roupinhas até o final do ano, pelo menos.

* meinhas. acho que comprei numa quantidade ok para o dia-a-dia, mas logo logo elas ficarão pequenas e eu não tenho muitas de outros tamanhos maiores!

* calças e mijões. sujam na mesma quantidade dos bodies, especialmente quando vaza a fralda.

* cueiros. uso para forrar o trocador em dias mais frios, para forrar a cama onde ele vai deitar, para forrar o sofá, para colocar no colo de visitas que querem pegá-lo etc. resumindo: usa muito. eu tenho uns oito. são suficientes. recomendo que você tenha pelo menos uns dois maiores, para enrolar o bebê na hora de dormir. os pequenos não servem para isso.

* álcool 70º. usa mesmo até o umbigo cair e depois, na cicatrização. sobra bastante mas tem que ter, não tem jeito.

* lixeira exclusiva para as fraldas. esvazio duas vezes por dia. enche meeesmo.

coisas que eu comprei e não esperava que fosse usar tanto:

* banheira com trocador em cima. eu originalmente trocaria o paul em cima do berço, mas nusss, ter o trocador na minha altura ideal faz toda a diferença. a banheira também. quem fez cesárea sabe como é difícil abaixar o mínimo para dar banho. com a banheira no alto, essa dificuldade não existe. o assento de plástico que vem dentro também foi útil – e acho que será ainda mais quando ele estiver maiorzinho.

* balde para dar banho. agora no inverno, ele só toma banho assim, pra ficar sempre quentinho imerso na água.

* garrafa térmica. no começo, usava para deixar a água no trocador, para limpar a cada troca de fraldas, e depois usei (e ainda uso) para fazer as mamadeiras de madrugada.

* algodão. usa muito, absurdamente, pelo menos no primeiro mês, até começar a usar lenços umedecidos. fora que também são usados para limpar os olhos etc. eu comprei uns três pacotes na gravidez e depois compramos mais uns 12 pacotes, pelo menos.

* toalha-fralda. são aquelas toalhas com forro de pano de fralda, mais fininhas, que não arranham a pele do bebê novinho. eu tinha só uma. a verdade é que, durante todo o primeiro mês, eu usei fraldas de pano como toalha, porque não dava para usar toalha normal, senão machucava a pelinha dele.

* trocador avulso, plastificado, para colocar em cima da cama, do berço etc. uso quando ele sai do banho para vestí-lo e é ótimo, porque pode levar para qualquer canto. além disso, de noite uso para proteger a cabeceira da cama quando ele dorme conosco.

* higiapele. na verdade eu ganhei. foi fundamental para limpar os cocôs mais trash do primeiro mês, quando limpava só com algodão e água. ainda hoje, depois de tirar o cocô com lenços umedecidos, eu passo uma última camada com higiapele pra ficar bem cheiroso.

* álcool anti-séptico. sempre usamos quando chegamos da rua e deixo no banheiro para as visitas usarem. em época de gripe, nem tem como não usar.

* bebê conforto. o lugar onde eu menos uso é no carro. ele é ótimo para transportar o paul para todos os lugares da casa quando preciso fazer algo sem poder ficar com ele no colo, tipo lavar mamadeiras, roupas, trabalhar no computador – e fazer xixi.

* aspirador nasal. provavelmente no inverno usa mais, mas uso todos os dias, praticamente, para tirar o muco. bebêzinhos não sabem assoar o nariz, hehe, então precisamos tirar a meleca para eles conseguirem respirar bem. quando o Paul ficou resfriado, foi fundamental.

* chupeta. é ótima para fazer o Paul se acalmar e aliviar a necessidade de sucção dele. na hora de dormir, tem vezes que só a chupeta salva (e o bom é que ele cospe assim que termina de se acalmar).

* berço. achei que o Paul dormiria numa boa no carrinho no começo, mas nada como um berço. ele fica mais à vontade e já se acostuma com a sua própria caminha. deve ser difícil acostumar o bebê no carrinho e depois tentar mudar. fora que o berço é enorme e dá pra você usar para outras coisas (como trocador, no meu caso).

* cobertores. usa demais no frio, não só no berço, mas para carregá-lo para lá e para cá. como ele tem refluxo e vive vomitando, suja bastante, então é ótimo ter outros de reserva.

* pano de boca. suja um a cada mamada, porque fica molhado e tem que trocar. precisa ter um montão.

* rolinhos de segurar o bebê. uso demais, porque ele precisa ficar bem presinho, para não virar.

* bodies de manga comprida RN e P. sempre tem uma brisinha e, agora no inverno, manga comprida é fundamental. uso muito. ainda bem que eu comprei bastante no brás.

* fraldas de tecido. uso o tempo todo para deixar o bumbum sequinho depois de trocar a fralda e colocar em cima do pipi para não tomar um chafariz de xixi, além de ter usado demais no começo como toalha. algumas eu ainda uso como pano de boca, porque são mais simples e maiores que os panos de boca convencionais.

* touca. a cabeça é o lugar do corpo onde mais sentimos frio, e com os bebês isso é ainda mais importante porque eles têm a moleira molinha ainda, então precisa proteger da friagem. tem as orelhas também. enfim, toucas são úteis! eu prefiro as de malha às de lã, por serem mais confortáveis e esquentarem do mesmo jeito.

* abajour. eu praticamente não sei mais o que é dormir no escuro. o abajour fica a noite inteira ligado.

* aquecedor de mamadeiras. deixar a água quente na garrafa térmica e preparar na hora também dá certo, mas o meu também aquece e descongela papinhas, então foi um ótimo investimento. também descongela leite materno, por exemplo.

* sacola de passeio. comprar uma baratinha não custa nada e são super úteis, impermeáveis, cheias de compartimentos.

lista atualizada em: 05/09/2010.

This entry was posted in 1 mês, Enxoval, Produtinhos. Bookmark the permalink.

7 Responses to Revisando o enxoval do Paul.

  1. Silvinha says:

    Adoooooro suas dicas, vc é bem detalhista, direta e prática. Sou mamãe de primeira viagem e terei a minha Isabela em agosto. Seu blog etá sendo muito útil, tbm fiz um blog: http://www.vivendoumsonhodesermae.blogspot.comUm abraço!!!

  2. Fabiana says:

    Eu adoro por sapatinhos na Laura. Qdo estava calor, eram sandalinhas. Agora, são tênis. Acho que ficam um charme.Bjos.

  3. Nat says:

    Agora sim…rsrs A lista do enxoval está completa, da teoria à prática!É claro que cada bb é diferente, mas é sempre bom ver outras experiencias!Beijinhos

  4. Michelle says:

    Obrigada pelas dicas Thais! Super úteis mesmo!!!

  5. An@ Paul@ says:

    Olha….. para bebês não existem regras néw, cada um é um pouco diferente do outro, mas mesmo assim, adorei suas dicas, já copiei e salvei no word aqui no meu PC, rsrs…bjsss

  6. see the sun! says:

    Amo seu blog!! Na minha opinião o melhor quando se fala em bebês. Leio diariamente! Nada melhor do que a experiência de quem acabou de passar por todas as delícias e dúvidas de cada fase para ajudar quem está chegando lá!O Paul é lindo! Bjs, Rosana

  7. jumbiee says:

    Parabens, adorei as dicas, eu vou ter meu primeiro filho e não sei nem por onde começar ainda, hehe.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s