Implementando a rotina EASY com um recém-nascido.

Quando eu li o livro azul da Encantadora de Bebês, lembro que ela dizia que o EASY já podia ser implementado desde o primeiro dia com o bebê, em casa, então eu tinha isso como meta. Acho que é muito importante tentar desde o início fazer essa sequência com o bebê (mamar / trocar fralda / dormir), mas também é preciso ter em mente que as coisas serão meio bagunçadas no começo, especialmente na primeira semana.

O que acontece é que os recém-nascidos praticamente mamam e dormem. Além disso, eles:

– dormem enquanto estão mamando, tornando a mamada mais demorada, porque você precisa ficar acordando-o o tempo todo (e mantendo-se acordada);
– querem mamar para dormir, e você aproveita pois eles precisam mesmo ganhar peso.

O EASY, pelo menos pra mim, virou algo como EAESY, durante o dia, e AESY, durante a noite. Como o Paul (assim como 99% dos recém-nascidos) dormia assim que encostava no peito para mamar, eu preferia trocá-lo primeiro (durante a madrugada), pois isso o despertava um pouco e ele mamava mais. Além do que, era mamar e dormir. Se eu deixasse para trocá-lo depois de mamar, provavelmente ele despertaria e não dormiria bem novamente. Porém, muitas vezes era necessário trocá-lo, pois ele fazia cocô enquanto mamava.

Resumindo, não pire na sequência do EASY na primeira semana (e até na segunda), mas tente sempre mantê-la, pois uma hora as coisas entram nos eixos e serve para você se acostumar, mais do que o bebê. Não existe um período certo para que ela vire EASY (nessa sequência), mas se você tiver como objetivo desde o começo, quando menos esperar estará tudo correndo dessa forma.

O que é importante fazer desde o começo, segundo a EdB, e que eu fiz também:

– conversar com  o bebê, explicando tudo o que você irá fazer com ele (“agora vou levantar as suas perninhas pra tirar a fralda” etc);
– enquanto ele está acordado em outro lugar que não o seu colo, ficar falando em voz alta o que você está fazendo (“mamãe está abrindo um pacote novo de algodão porque gasta muuuuito” etc);
– falar “mamãe ama muito o Paul” em vez de “eu amo muito você”, para ele ter familiaridade com o vocabulário simples e se acostumar com o nome dele;
– apontar e identificar objetos (“olha só o cachorrinho!” etc);
– cantar musiquinhas para ele;
– parar, prestar atenção e identificar o motivo do choro (SLOW);
– não agitar muito, para não superestimulá-lo desnecessariamente;
– dar a chupeta para o bebê aliviar a necessidade de sucção, que é de cerca de 16h por dia;
– não receber visitas no primeiro mês, e restringir ao máximo até o terceiro mês;
– fazer tudo com movimentos suaves, simples e lentos;
– ter autoconfiança ao fazer as coisas;
– não esperar que o bebê durma a noite inteira desde o início (dependendo do peso do bebê, ele precisa ser acordado de madrugada para mamar);
– observar como o bebê reage nas mais diversas situações (quando está com fome, com frio, com calor, molhado etc);
– ter um ritual para colocá-lo para dormir;
– dividir as tarefas o máximo que você puder;
– prestar atenção ao seu bebê acima de tudo – ou seja, se ele chorar meia hora depois de mamar, e você achar que ele está com fome, dê de mamar. nenhuma rotina é mais importante que as necessidades do seu bebê, e no começo é tudo muito bagunçado mesmo. não se preocupe, que antes de completar 1 mês você conseguirá estruturar uma rotina, se continuar tentando.

Outro ponto importante, que ela sempre frisa: o “começar da forma que deseja manter”. Sim, mas, mais uma vez, não pire. Recém-nascidos não estabelecem hábitos, então se você quiser dormir com o seu bebê para amamentá-lo melhor durante a noite, uma vez ou outra, tudo bem. Não deixe que vire um hábito para você. Eu acredito que varie também da personalidade de cada bebê, mas no meu caso, por exemplo, nós dormimos com o Paul na nossa cama durante mais de 1 mês, e ele dorme super bem no bercinho. Hoje em dia, ele até prefere e fica inquieto quando o colocamos na cama. Isso porque, durante o dia, eu sempre fiz o ritual de colocar para dormir levando-o ao berço. Talvez isso tenha feito com que ele se acostumasse e associasse o berço ao sono, não sei. Só sei que ele dormiu um tempão conosco na cama e não se acostumou. Acho que é importante ter em mente que certas medidas são temporárias e, aos poucos, ir mudando para o que você espera que fique dali em diante.

Com relação à amamentação, ela recomenda que seja em livre-demanda somente se o bebê for prematuro ou tiver baixo peso ao nascer. Caso contrário, se o bebê já tem mais de 2,800kg, ele deve ser incluído na rotina de 3x3h ou, no mínimo, 2,5×2,5h. O que eu recomendo, com base no que nós vivemos: faça o que o seu coração mandar até a primeira consulta com o pediatra (dentro de 7 ou 10 dias de vida). Se quiser amamentar em livre-demanda, faça. Eu sou favorável. Acho importante o bebê ganhar peso nesse começo, porque ele dorme melhor, fica mais satisfeito e tudo o mais. Eu coloquei o Paul em uma rotina de 2,5×2,5h desde o primeiro dia, mais ou menos, e somado aos erros de amamentação, ele não ganhou muito peso. Se fosse hoje em dia, eu teria amamentado-o mais, na primeira semana.

O mais importante, ao meu ver, nas primeiras semanas, é:

– você descansar;
– o bebê ganhar peso e pegar o peito direitinho;
– você estabelecer uma rotina para o bebê, para você e para o seu marido;
– não pirar!
– não cobrar demais;
– usar sua intuição;
– fazer o melhor que você puder, para não se arrepender depois.

Pretendo fazer um post sobre cada tópico do EASY, aos pouquinhos. Aguardem!

This entry was posted in Encantadora de bebês, RN. Bookmark the permalink.

3 Responses to Implementando a rotina EASY com um recém-nascido.

  1. Tássia says:

    Oiii Thais.Posso te pedir um favorzão??? Tem como vc me passar a lista em que você se baseou pra comprar o enxoval do Paul? Por que eu andei pesquisando na net e todas as listas ainda tem aquele tal de conjunto pagão e como eu não vou comprar nenhum conjunto pagão fiquei meio sem saber com substituí-lo. Ando muito perdida nesse quesito e como acompanho seu blog e sei que vc é super organizada e prática além de ter um pouco mais de visão já que seu bebê nasceu.Obrigada desde já.Beijos

  2. Thais says:

    fiz um post novo pra você. ;D

  3. Flávia says:

    Olá Thais! tenho uma filhinha de 11 dias, li também o livro da Tracy, mas continuo achando difícil seguir o EASY. Toda vez que Isabela vem ao peito ou pega na mamadeira (tive que entrar com complemento pois nào tenho um bico favorável) ela dorme. Por favor, me de umas dicas de como mantê-la acordada, porque até para trocar fraldas ela dorme. O pior é de madrugada ela fica loooongas horas acordadas (sem chorar), mas fica acordadadona! Quero adotar um ritmo para mantê-la mais acordada durante o dia e a noite dormir pelo menos umas cinco horas com dois intervalos para as mamadas.Espero que possa me ajudar!Bjs, Flávia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s