Assuntos diversos.

Crosta láctea. Esse é o nome de umas caspinhas que aparecem na cabeça dos bebês novinhos. Paul não tinha até umas duas semanas atrás, mas daí apareceram, no alto da cabeça. Li que era bom passar óleozinho de bebê 15 minutos antes do banho. Fiz e adiantou – elas sumiram. Nesse meio-tempo, também evitei usar touquinha nele.

Umbigo. Segundo o pediatra, o umbigo dele é só um pouquinho saltado pra fora, mas ele disse que é comum e normaliza até a criança completar 2 anos (senão, tem que operar, mas é muito raro).

Amamentação. Apesar de muita gente falar que eu completaria 3 meses sem leite no peito, por enquanto ele continua mamando. Claro que a minha produção caiu demais, porque ele se satisfaz com o NAN, mas ele continua mamando. Dou o peito antes de dar a mamadeira, para que ele estimule, e deixo o tanto de tempo que ele quiser. Às vezes ele fica um tempão e às vezes se irrita rápido com a falta de leite. Sempre, depois de mamar no peito, ele toma a mamadeira inteira. Não teve nenhuma vez em que ele mamou no peito e ficou satisfeito. Uma pena.

Alimentação. Só dou leite e água. Não dou chá.

Rotina. Continua indo bem. Ele ainda não dorme a noite inteira se eu não der o leitinho com ele dormindo, de madrugada, mas acho ok. Vou voltar a tentar deixá-lo a noite inteira quando ele completar 3 meses.

Cama compartilhada. Há praticamente 1 mês ele está dormindo no bercinho dele, ao lado da nossa cama. De manhã, quando mama às 6h ou 7h, eu o coloco para dormir comigo. Vamos juntos até às 10h. Eu acho gostoso. No entanto, quero que ele tenha um quartinho só dele num futuro breve. Quando ele for maiorzinho, vai ser difícil colocá-lo para dormir se ainda estivermos acordados.

Refluxo. Melhorou bem. Não estou nem dando o remédio mais. Porém, mantenho o colchão elevado e a prática de deixá-lo de pézinho no meu colo depois de mamar.

Brincar sozinho. Acho muito bonitinho quando ele acorda, olha para o lustre (apagado) e começa a sorrir. Ele deve achar meio mágico um negócio que fica lá no alto e às vezes acende, outras vezes não. Mas o mais importante é que ele acorda de boa e sabe brincar sozinho. Vivo lendo no fórum sobre bebês com menos de 2 meses que não conseguem ficar sozinhos, que a mãe sai do recinto e eles se esguelam querendo a mãe de volta. Paul nunca foi assim. Ele é independente. Acho uma conquista importante. Eu o agarro demais, fico o tempo todo com ele, mas quando ele fica sozinho, fica numa boa.

Outras pessoas. Ele fica com outras pessoas super de boa também. Nunca chorou no colo de alguém. Geralmente ele olha curioso e, se for com a cara, já começa a sorrir.

Móbile. Ele já chuta e dá socos nos bichinhos do móbile, hehe.

Chupar o dedo. Quase. Às vezes ele se pega chupando, mas acho que não percebeu que a mão é dele e ele pode controlar o polegar. Quero muito que ele aprenda a chupar o dedo para a gente conseguir tirar a chupeta. Outro dia tentei tirar e ele abriu o berreiro. Fiquei com dó e devolvi.

Brinquedos. Ele exerce uma atração especial pelo Mort, o bichinho do Madagascar. Deve ser pelos olhos enormes. Já eu tenho tanto medo desse bicho que coloco ele virado para a parede na hora de dormir, haha. Outra noite eu acordei e ele estava com aqueles olhos em cima de mim.

Outros filhos. Repensando.

Batizado. Não íamos fazer, porque não somos católicos, mas acho que seria legal. Acaba sendo um rito de passagem que envolve toda a família. Vou ligar na igreja essa semana e a ideia é fazer no meio de outubro.

Deixar chorar. Nunca, acho crueldade. Não entendo como tem gente que consegue.

Roupinhas. Estou comprando só G a partir de agora. Os bodies que eu comprei no Brás já não servem (mesmo os Ms estão pequenos). Os melhores são os de malha canelada, que esticam. O problema é o comprimento, não a largura. Perdi poucas calças, mesmo as com pézinhos. Perde mais porque ficam apertadas na cintura. Não perdi nenhuma pelo comprimento, ainda. O que dá mais volume às roupas são as fraldas, que ficam grandonas na frente.

Sorrisos e a vozinha dele. Paul está sorrindo demais nos últimos dias e falando “a-gu” sem parar. O que eu acho mais incrível nessa história não é o fato de ele falar “a-gu”, mas sim entender que nós estamos falando e repetir. Quando ele está muito empolgado, fica balbuciando uma série de sons tipo “rrraaaaw” ou “nhaaai”. É muito lindo. E ele abrir aquele sorriso quando eu chego perto realmente é impagável.

This entry was posted in 2 meses, Alimentação, Amamentação, Atividades, Comportamento, Enxoval, Refluxo, Sono. Bookmark the permalink.

11 Responses to Assuntos diversos.

  1. Ah Thais, que delícia!É tão gostoso, né? E eles começam a interagir cada vez mais com a gente.Sabe aquilo que todo mundo fala que vai ficando cada vez mais legal? Então, é verdade… rs…O Paul está muito lindo e eu fico bem feliz que você esteja tão tranquila e com tudo sob controle por aí.Fiquei lendo tudo o que você escreveu e dá pra sentir que você está feliz. E é engraçado que, apesar de você optar por fazer algumas coisas diferente do que eu fiz, eu consigo ver que suas escolhas são perfeitas e consigo resistir à vontade de te falar "faz isso, faz aquilo" que nós mães sempre temos… rs… :)Instinto é muito show. A mãe sabe o que o filhote precisa. Quanto à vontade de ter mais filhos, bem, a minha aumenta a cada dia… Tem dias que me pego com vontade de ter 3… hahaha…Beijo pra você e um A-gu pro Paul.Lahna

  2. Di says:

    O Paul esta uma graça esse sorriso e impagavel!! rsFico feliz de ler que vocês estão se acertando com os horarios, que ele ja consegue mamar dormindo e você pode ir acostumandoo com a ideia de não acordar ao longo da noite.Eu comecei a aumentar o intervalo das mamadas da Beca, de 15 em 15 minutos por semana depois do 4 mes, por que antes disso eu ainda tava muito neurotica rsMas tirando alguns dias mais dificeis, ela dorme a noite toda a pela menos 3 meses.🙂 Desejo a vcs muita sorte, saude, e sorrisos! Qualquer coisa estamos as ordens!

  3. Thais Bessa says:

    Que bom que as coisas só melhoram! Tanto que repensamos outro filho, hehe. Deus faz a gente com memória seletiva pra dor e outros perrengues acho que com esse objetivo final: permitir a ampla perpetuação da espécie, hahaha.Eu sei que conselho não solicitado é uma merda, mas esse eu tenho que falar. Please, não deixe o Paul pegar dedo não! Minha irmã é dentista especializando em pediatria e ela me explicou que realmente a chupeta é o mal menor, considerando a necessidade de sucção. Motivos: 1) a chupeta com no máximo 2 anos vc tira (ideal com 1), porque o baby já entende e vc pode negociar, explicar que é um menino grande já, etc. E o dedo, tira como? Só cortando fora, rs! O segundo ponto é que chupar dedo vira um hábito terrível, a irmã do Ben tem 21 anos e chupa até hoje, passa cada vergonha por isso, porque faz instintivamente. O resultado? Como chupar dedão estraga a dentição (segundo minha irmã chupeta ortodôntica até 2 anos não estraga), minha cunhada usou aparelho e emsmo assim os dentes são meio pra frentes, e ela usa uma contenção de ferro atrás dos dentes pro resto da vida!Bjos

  4. Fernanda says:

    Que lindo Thaís, a Letícia tbm ta começando a emitir alguns sons, e é realmente lindo e quando eles sorriem pra gentem é maravilhoso impagável mesmo.bjinhus e uma ótima semana

  5. Clarinha says:

    Thais, seus posts são um alento, heheheh. Espero que os perrengues com chupeta, mamadas, picos de crescimento e afins que nós estamos passando com o Joao tenham um desenlace como o seu :)Quanto ao dedo, te digo uma coisa, eu chupei dedo ate os 10 anos de idade e pra mim foi ótimo! Foi difícil largar, confesso, mas, fora isso, tudo tranquilo. Inclusive, nunca usei aparelho. Mas, cada um, cada um, né isso?Parabéns pelo Paul, ele tá lindo demais.

  6. Que delícia..ele já ta passando por diversas mudanças e chegando numa fase muito muito deliciosa…que fofo!!! quanto a amamentação relaxa, tem criança que mesmo tomando LA continua com o peito até mais de dois anos de idade…a maioria não, mas muitas continuam sim, tomara que aconteça com ele! Essa fase que ele começa a se descobrir, mãozinhas, sons e tal é muuuuuito gostoso!!! Não vejo a hora de vê-lo e enchê-lo de cheirinhos!

  7. Fabiana says:

    Ai, como Paul ta lindo. parabéns, viu?! E tb concordou com a Thais: todo mundo fala que a chupeta é menos pior que o dedo. A chupeta da pra tirar, mas o dedo não.E erdade: os bodys de malha caneladas são infinitamente mais confortáveis.Ai que fase deliciosa essa do agu. Agora, cadaq vez mais ele vai interagir. Que delícia.Bjokas.

  8. Ana Gomes says:

    Só para dizer que o Paul está lindo! Não vejo a hora de curtir meu pequeno também.E só um detalhe que me chamou a atenção e quero frisar: "Outros filhos: Repensando."Achei ótimo!!!! ahahahah. O 'trauma' talvez esteja passando. Um beijo nos dois!

  9. ThaisQuase choro com este post: dá para sentir como ter amor aí neste lar!Odeio pitaco, mas não resisti a te dar um aqui: deixa ele com a chupeta! É um objeto especialmente desenhado para satisfazer as necessidades de sucção com menores danos, tem uma engenharia ali. Até já escrevi sobre isso.Fica com a chupeta: por todos os argumentos racionais já dados aí em cima. É que isso me mobiliza, porque tenho uma amiga que está tendo problemas horríveis com a filha (8 anos!) que QUER parar com o dedo e não consegue, a bichinha sofre – dedinho calejado, céu da boca aprofundado, todos os dentes desalihadas, sem falar na vergonha! Desculpa o pitaco, mas não aguentei!Abraços…

  10. Adiléia says:

    ThaisSeus posts são incríveis e como temos coisas em comum, é muito bom saber que outras pessoas estão passando pelo mesmo que eu. O Paul ta uma graça!!!!!Pergunta: qual óleo vc usou para as crostinhas da cabeça?

  11. Thais says:

    Adiléia, usei o óleo Johnson Baby mesmo. =)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s