Passeando e cansando.

O carrinho do Paul ficou mais de 1 mês na casa da minha mãe, pois imaginei que seria uma boa deixá-lo lá, para quando a visitasse. Hoje ela o trouxe, porque já sinto vontade de passear com ele no carrinho – ele já está todo espertinho e querendo olhar tudo, e em lugares mais cansativos o sling não basta, quando preciso colocá-lo para dormir. Convenhamos, carrinho de bebê é um trambolho, não importa o modelo, mas às vezes é necessário. Adoro o carrinho do Paul – é preto, de alumínio, cheio de nhenhenhe. E daí hoje fui colocá-lo para dormir nele agora de tarde, como um teste, e ele ficou socando as laterais, querendo dizer: “me tira daquuiiiiiii, tenho claustrofobia!”. Sim, meus queridos. O meu pequeno ariano não quer nem ouvir falar em dormir no carrinho. Continuemos. Levei-o para o quarto, enrolei na manta e deixei o bracinho esquerdo para fora (Ande e eu estamos na campanha para ele ser canhoto, haha). Coloquei no berço e dormiu. Ele adora ser enrolado. Dá até risada quando vê a manta, vê se pode. Mas agora, ai de mim se deixar o bracinho preso. Fica muito, muito bravo.

Hoje nós passeamos pra caramba. Fui até o shopping, pois queria comprar duas coisas que eu não achei. Minha mãe nos deu carona pois estava passando por lá, e eu aproveitei para comprar o presente de Dia dos pais do Ande. Passamos rapidinho em casa e depois fomos almoçar em um restaurante mineiro perto da Represa de Guarapiranga (uma delícia). Paul ficou super bem, mas deu só duas sonecas male-male nesse meio-tempo todo, então ficou cansadinho. Chegamos em casa faltando meia hora para ele mamar, e nenhum sinal de fome. Só sono. Fiquei quietinha com ele, para ele descansar, mas não dormir, e deu certo. Então mamou, ficou no carrinho (sentado) e depois eu o coloquei para dormir (depois do que expliquei no parágrafo anterior). Está lá. Às 19h vou acordá-lo para dar banho e depois mamar antes de dormir a noite inteira (hahaha, torça os dedos).

Ontem ele estava com muita fome à noite. Fico imaginando se é resultado do pico de crescimento das 13 semanas. Hoje já acordou normal. Vamos ver.

Essa noite foi terrível para mim. Passei muito mal com uma coisa que jantamos ontem e apelei: coloquei o Paul para dormir comigo, depois que ele acordou às 2h (horário estranho – por isso associo a um pico de crescimento) para mamar. Eu estava super ruim, senão não teria feito isso. Ele foi até às 7h numa boa. Nós apagamos o abajour, oh! Nem lembrava mais como era dormir no escuro! Foi ótimo para a minha dor de cabeça passar. Às 7h, levantei e fiz o leitinho. Mamou, ficou um tempo acordado e depois dormiu das 8h30 às 10h30. Essa soneca da manhã é fundamental para mim. Às vezes eu penso em não dormir esse horário, mas fico acabada, se não durmo. O ruim é que meus estudos estão indo para o saco. Não dá, gente. Tem que saber o que dá e o que não dá para fazer, e isso, por enquanto, não dá. De qualquer forma, vou tentar, baseado no que estudei antes da gravidez.

Uma coisa que cada dia vem ficando mais frequente é a distração do Paul enquanto ele mama. Gente! Daqui a pouco vou ter que dar a mamadeira no escuro, porque acordado ele fica virando a cabeça pra lá e pra cá, ou então fixa os olhos em alguma coisa boboca (tipo a sombra do guarda-roupa na parede) e só quer saber daquilo, esquece de sugar etc. Já li em algum lugar que é uma boa colocar um pano estampado no ombro, pra ele ficar olhando, mas eu duvido, viu.

Preciso de almofadas para o berço.

This entry was posted in 3 meses, Alimentação, Atividades, Rotina, Saindo com o bebê, Sono. Bookmark the permalink.

5 Responses to Passeando e cansando.

  1. Thais Bessa says:

    Haha, isso da distração é foda mesmo e só piora. A Isabella tem que mamar agora em silêncio total, nem eu nem ninguém pode conversar perto porque ela solta o peito ou a mamadeira e fica tentando achar quem está conversando. Ou fica olhando em volta. Tem horas que é um saco, porque se ela para de mamar, resolve que não quer mais, e dali uma hora está com fome.Bjos

  2. Amanda says:

    hahahaha… mamãe de primeira viagem aqui não sabia desta de distração na mamada… hahhaha… deve ser engraçado! rsBjs

  3. Lais says:

    Carrinho de bebê é um trambolho MESMO! Eu até desanimo de passear mais com o Doug por causa disso, negócio gigante e pesado. Só levo se alguém vai junto pra ajudar. O carrinho por enquanto é o berço dele por falta de espaço na casa dos meus pais, por isso ele não estranha dormir lá como seu pequeno Paul estranhou. Mas é questão de costume.Quanto a distração na hora de mamar, estou tendo o mesmo problema! Não dá pra tirar os olhos dele um segundo senão a mamadeira vai parar na testa hahahaBeijos!

  4. Gostei da campanha "Paul canhoto", tenho pais e irmão canhotos, além de também ser. Acho lindo.

  5. Oi Thais!Queria muito agradecer pelas dicas no seu blog!! Estou viciada nele!!!! Adorei :))) Ah, seu marido toca no Lost Dogs? Já vi essa banda no Delta Blues em Campinas e amei!!!!!! Você é de Campinas também?Beijo!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s