Noite agitada.

Sobre papinhas: hoje não dei. Ontem e segunda ele tinha comido papinha de pera (e adorado!), mas na noite de ontem ele fez um cocô bem molinho, quase de diarreia (desculpa aí), e hoje de manhã de novo. Além disso, ele passou a madrugada inteira acordando e se contorcendo. Pra começar, acordou às 22h30 porque tinha feito o tal cocô depois de fazer muuuita força. Não sei se ele pensou que já fosse de manhã, mas estava todo agitado e querendo brincar. Troquei, dei a mamadeira e coloquei para dormir. Deu certo. Às 2h, acordou chorando. Dei a chupeta, abracei, dormiu. Acordou de novo às 3h30. E às 4h30. E às 5h30, até finalmente despertar às 7h. Ele estava dormindo às 7h, mas eu olhei no relógio e achei melhor levantar para fazer o leite e cumprir a rotina, para não bagunçarmos geral. A pera o incomodou tanto que ele nem dormiu direito depois. Geralmente ele toma o leitinho às 7h, eu troco a fralda e ele dorme na sequência. Dessa vez, ok, fez a mesma coisa, mas acordou às 8h30. Eu estava um caco, sem ter dormido direito, e quando ele foi dormir às 9h30, eu dormi com ele. Fomos até às 10h45, quando eu levantei para fazer o leite das 11h.

Já tinha lido a respeito da pectina, mas como eu fiz a pera cozida, achei que não aconteceria. De qualquer forma, vejam só:

“Algumas frutas, como a maçã, pera, pêssegos frescos, nectarina e abacaxi são deliciosas, porém ricas em uma substância chamada pectina, que pode ser de difícil digestão para os pequenos bebezinhos que andam dando suas primeiras colheradas de comida. (…) O hábito de consumir frutas, muitas e variadas todos os dias, deve ser adquirido desde cedo. Mas o organismo dos bebês ainda é imaturo e não consegue digerir muito bem alguns alimentos. Desses alimentos difíceis de digerir podemos citar os grãos, mel e as frutas ricas em pectina.(…) O “tratamento” para as frutas ricas em pectina é bastante simples: cozimento!”
– Fonte: Pat Feldman

Amanhã vou fazer a papinha de cenoura pela primeira vez. Ia fazer de mamão, mas com essa mini-diarreia, melhor não arriscar.

Sobre dentes: li que podem ser os dentes nascendo! Quando eu tiver mais tempo falo mais sobre isso, mas basicamente ele tem todos os sintomas, tirando febre. Agora está com mania de morder os nossos dedos. Não quer a chupeta, nem o mordedor, nem os dedos dele – só servem os nossos.

Sobre dormir sozinho: ele se descobre – chuta os cobertores e acorda chorando. Foi por isso que colocamos para dormir conosco, porque pelo menos ele não passa frio. Mas hoje vou tentar colocá-lo para dormir no berço com mais roupas. Vamos ver o teste, mas já sei que será mais difícil convencer o pai dele do que ele mesmo, que dorme de boa em qualquer lugar.

Sobre o livro “Inteligência Emocional e a arte de Educar Nossos Filhos”: ainda lendo. Estou num capítulo ótimo que fala sobre a importância do relacionamento dos pais para as crianças. Esse livro é tão bom que já providenciei o outro (“Inteligência Emocional”) para ler depois. Geralmente eu acho todos os livros de auto-ajuda péssimos, mas estou gostando bastante desse.

Trecho:

“É indiscutível que os filhos ficam aflitos quando vêem os pais brigando. Estudos mostram que até mesmo crianças pequenas reagem à discussão dos adultos com alterações fisiológicas como aceleração do ritmo cardíaco e elevação da pressão arterial. (…) Reações não-verbais à raiva foram observadas até em bebês de seis meses. Embora não tenham capacidade de entender o conteúdo das discussões entre seus pais, os bebês sabem que alguma coisa está errada e reagem com agitação e choro. (…) O que quer que venha a acontecer com essa criança em termos emocionais nesses primeiros meses pode afetar seriamente a tonicidade do seu nervo vago – ou seja, sua capacidade de regular o sistema nervoso. A criança ser atendida quando chora, ser tranquilizada ou irritada pelas sensações em torno dela, o estado de espírito das pessoas que lhe dão comida, banho e brincam com ela – tudo isso influencia para o resto da vida suas reações a estímulos, sua capacidade de acalmar-se e recuperar-se de tensões.”

Sobre o livro “Soluções Para Noites Sem Choro”: ele é tão indicado na comunidade homônima do orkut, onde a maioria das participantes (e todas as moderadoras) odeia a Tracy Hogg, mas eu não estou vendo nada no livro que não seja parecido com o que ela ensina. Acho que a única técnica mais heavy-metal dela é o PU/PD, mas de resto, tudo igual. Aliás, super recomendo o livro – muitas dicas boas para a hora de dormir. Quero ler o primeiro, para bebês de até 1 ano, mas ele é mais difícil de encontrar.

Sobre nomes dos próximos filhos: já decidi o nome da nossa futura filha, mas não vou falar, hehe. Só sei que já falo o nome dela quando tocamos no assunto, como se fosse uma pessoa que já existisse. Daí me vem o Anderson ontem e diz que seria mais bonitinho se fosse Penny, de Penny Lane. Que futuro maravilhoso o dessas crianças na escola: Paul e Penny. Serão bem pouco zoados. As professoras vão nos chamar para reuniões… já estou prevendo.

Mas não se preocupem – jamais seria Penny. Ainda resta um pingo de sanidade na mente desta que vos escreve.

This entry was posted in 3 meses. Bookmark the permalink.

13 Responses to Noite agitada.

  1. Nossa não sabia que a pera tinha que ser cozida(abafa) eu bati (tentei)bater a pera no liquidificador e dei a ele,mas ele cuspiu tudo.hhaha, tô vendo que terei bastante problemas com papinhas!!!Adorei o trecho do livro (queria ler todos,mas a preguiça domina) e sabe que eu estava justamente falando sobre isso com o Bruno a alguns dias,pois eu discuti feio com uma pessoa por telefone e Bryan estava no meu colo, acho que na época ele tinha uns 2 meses. Ele estava quietinho até eu começar a gritar e falar alto, chorando, dai ele começou a chorar, mas abriu o berreiro mesmo, assim do nada. Ai Bruno pegou ele, deu mamadeira, e nada dele parar de chorar, Até que meu esposo falou: amor para de discutir ai que seu filho tá aqui nervoso sentindo tudo!! Achei bobeira,mas na hora que desliguei o telefone, fui correndo abraçar ele e ele parou de chorar na hora…Fiquei boba como meu marido sabia dessas coisas…hahahahaFilhos sentem sim,sempre falei isso pra ele, que nunca quero discutir na frente dele, pois meus pois discutiam muito e eu sempre cresci com isso, talvez por isso eu seja tão carente (no bom sentido, de sempre querer atenção, ter necessidade de ouvir eu te amo todos os dias, essas coisas)quanto a comer as mãos,Bryan tá igual,mas tá que tá e agora ele morde a chupeta, coloca no cantinho da boca e nhec nhec, meu marido fala que são dentes,mas acho cedo, vamos ver o que a pediatra irá falar.e nem fale de doideras pra nome…rs meu sonho era colocar Britney ou Betanny…shuahushhauhsuhashagora fiquei curiosa pro nome do seu proximo baby…hohohobjos

  2. Clarinha says:

    Penny é tão lindinho! E crianças sempre arrumam um jeito de sacanear, não importa o nome, hehehe!

  3. Adelaide says:

    OiThais,Dizem que o nascimento dos dentes casusa diarreia. Não imaginava que as frutas podiam ser cozidas. Muito legal as suas dicas.Que pena, não consigo achar os livros.Que curiosidade sobre o nome da menina. Pode ter certeza que o Penny seria prato cheio pra os colegas chuarem da guria.Bjos

  4. Di says:

    Oi Thais. Olha, procura na net (ou se você quiser eu posso te passar se você ainda não tiver) uma lista com os alimentos e suas propriedades, e a partir de quando *levando sempre em consideração que o Paul sta começando com 4 meses e não 6) dar cada tipo de alimento.Aqui a Rebeca tambem sempre teve essa reação com a pera. Mesmo a pronta, da nestle, que você não tem nem que ter duvida se foi cozida ou não. Mas é por que pera é laxativa mesmo, mesmo quando eles ja são maiorzinhos.Uma boa, se você ficar na duvida sobre dar uma papinha "salgada" como a de cenoura, é partir pra banana maça, tambem cozidinha pra ficar bem molinha. O negocio é que elas tem que virar bem um mingau mesmo, nessa introdução, sem pedaços, que agora ele so ta aprendendo a sentir o gosto diferente.Mas é isso né, a gente vai aprendendo com eles todo dia.Boa sorte!Ah, sobre o processador de alimentos, eu vou comprar um mixer, daqueles de mão estilo walita sabe? Nossa, fui fazer uma visita na casa da minha tia, ela tem um, e é simplesmente fantastico! Faz ali, na hora, sem trabalho, e facil de limpar! Recomendo muito, e vi pelo buscapé que tem uns compreços ate que bem acessiveis. Bjs!

  5. Lisandra says:

    Oi, Thaís Eu encontrei o livro dos sono para bebes no site da livraria cultura. Foi uns 45 reais. Ainda não chegou, então não posso fazer comentários.

  6. Thais says:

    Obrigada, Di. Eu faço bem batidinha mesmo, sem nenhum pedaço, no processador. Esse mixer da Walita é ótimo. Inclusive me recomendaram, mas já tínhamos comprado o mini-processador (que também é excelente!).

  7. Thais says:

    Oi Lisandra. É, eu vi que vende lá. Queria comprar na loja física mesmo, porque tenho uns bônus, então preciso encomendar!

  8. Minha Dieta says:

    Realmente pode ser consequência da papinha, quando introduzi sólidos ao Lennon, a pediatra falou pra observar bem, pois é tudo muito novo pra eles, deve mexer mesmo no intestino.Mas acho que não é nada sério, como tudo vai ser introduzido gradualmente, o organismo dele vai se acostumar direitinho, vai dar tudo certo!ah, fiz um blog novo…entra aí, suas amigas tb!http://benditadieta.blogspot.com/bjuss!

  9. Bruna. says:

    hahaha Thais, eu adoreeei Penny, sabia? Mas as "associações"… enfim, é melhor não, né?Eu sempre leio no EF que suco de pêra solta mais o intestino que o de mamão até… Tadinho do Paul… O Henri o d e i a pêra!Sobre o livro… adorei o trecho que você postou, parece que foi perfeito pra mim. Eu e o pai do Henri só brigamos, e confesso que muitas vezes eu penso "o Henri é tão pequeno, não entende…"Vou procurar o livro pra ler…Sobre dormir na nossa cama: O Henri sempre dorme comigo, EU me apeguei a isso e não consigo mais dormir sem ele, então, sou suspeita pra falar disso, e minha opinião seria "aposto que o Paul AMA dormir quentinho com os papais!" hehebeijoos!

  10. Lisandra says:

    Oie. Posso estar enganada, mas tenho quase certeza que vc tb pode usar os bônus na online. Eu, depois que Mathias nasceu, virei fã das lojas online, hehehe.

  11. Thais says:

    Será? Bom, vou tentar! (Obrigada!)

  12. Arkhesanato says:

    Oi Thais, uau adorei seu blog e todas as histórias que vc conta aqui! Passei o maior tempão lendo, estou acessando todos os dias e pegando muitas das suas dicas. Hoje meu filho está com 4 meses e 1 semana, eu mal posso esperar para começar com as papinhas e os suquinhos!!! Adorei o post feito falando sobre papinhas, consegui tirar várias dúvidas! Mas a pediatra disse que ele ainda não pode porque ele tem refluxo, então aconselhou só o leite materno mesmo… Mas não sei se vou continuar amamentando, pois não sei se eu estou tendo leite suficiente, ele mama pra carambra e de 2 em 2 horas, não consegue esperar mais tempo que isso.. =(O Paul é muito fofo, vc está de parabéns!Bjos

  13. oi meninas…amei seu blog…eu cabei de abrir um pra mim, mas ainda estou pegando o "jeito da coisa"…entao,se vcs puderem me visitar:http://maeporemmulher.blogspot.com/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s