Meu parto é semana que vem e eu não sei como cuidar de um bebê.

Guia para mães, RNs e dicas adaptadas da Encantadora para as primeiras seis semanas

Os bebês, quando nascem, fazem só três coisas: mamam, dormem e fazem cocô. Não existem períodos de atividade muito extensos, especialmente nas duas primeiras semanas. Como ter um bebê muda radicalmente a vida de qualquer pessoa, eu compilei essas dicas de acordo com o que eu passei e gostaria de ter conhecimento antes de o meu filho nascer, mas só aprendi na prática. Vamos lá:

Amamentação

* Até a primeira consulta com o pediatra, o bebê precisa mamar bastante, o máximo que você puder aguentar. Mamar de 2 em 2h é um intervalo ok. Algumas mães defendem a livre-demanda, que basicamente significa deixar o bebê mamando o tempo todo que ele quiser, mas geralmente ficamos tão cansadas na primeira semana que isso só torna tudo mais exaustivo. Se você se der bem com a livre-demanda, melhor! Se não, de 2 em 2h está ok. O que é importante saber: estabeleça bem a amamentação. Quando o bebê estiver mamando direitinho e ganhando peso, ele começará a espaçar as mamadas naturalmente, com o passar do tempo.

* Como o bebê é muito novinho e não sabe ainda sugar o leite, as mamadas serão mais demoradinhas (cerca de 1h). Tente amamentar sempre em algum lugar calmo e longe de outras pessoas. A amamantação é um processo interativo entre a mãe e o bebê – você também precisa prestar atenção. É fundamental acertar a pega do bebê no seio, para que eles não doam tanto, e também para que ele consiga mamar efetivamente. O que é importante saber: você pode amamentar deitada, para descansar melhor. Só atente para a segurança da cama.

* Como você pode organizar a amamentação? Deixando sempre em mãos o que você precisará durante as mamadas. Eu deixava sempre um pano de boca limpinho e uma garrafinha de água cheia, porque dá muita sede (descomunal mesmo).

* Na primeira semana, especialmente se você fizer cesárea, é fundamental ter a ajuda de alguém para que você possa descansar. Assim, quando o seu leite começar a descer, tire-o com a bombinha e deixe estocado para alguém amamentar seu bebê alguma vez durante o dia, enquanto você dorme. Se alguém puder amamentá-lo durante a noite, aí você descansará bem. O descanso é importante para a produção de leite. O que é importante saber: se você pretende voltar a trabalhar em alguns meses, acostumá-lo com a mamadeira é fundamental. Há bebês que não pegam a mamadeira depois e as mães ficam desesperadas. A sugestão da Encantadora é dar essa mamadeira à noite, de preferência pelo pai do bebê, para que ele também participe. Você fica com uma mamada de descanso.

* Depois da primeira consulta com o pediatra (geralmente quando o bebê tem 1 semana de vida), você saberá se ele está ganhando peso corretamente ou não. Se estiver, poderá se organizar melhor e passar para uma rotina de 2,5hx2,5h na segunda semana e de 3hx3h a partir da terceira semana, sempre respeitando o ritmo do bebê. O que é importante saber: se a amamentação estiver bem estabelecida, você pode começar a diferenciar os choros do bebê de acordo com o que ela ensina no livro azul. Até lá, encare todo choro como fome ou sono.

* Se por algum motivo seu bebê precisar tomar leite artificial, aproveite para dividir as tarefas com o pai do bebê, sua mãe ou alguma outra pessoa disposta a ajudar. Uma mamada que você descanse já faz muita diferença na sua recuperação.

* Se estiver dando leite artificial, deixe tudo pronto para a madrugada ser mais tranquila: mamadeiras limpas e esterelizadas, panos de boca, água quente na garrafa térmica e porções do leite em pó separadas.

Atividades

* Pela manhã e no final da tarde, leve seu bebê a algum lugar ao ar livre, para que ele tome um solzinho e ar fresco.

* Quando ele começar a fazer bastante cocô, é bom dar dois banhos por dia – um de manhã e outro no começo da noite. O segredo é ter tudo em mãos antes de começar: toalha, fralda limpa, roupa, pomada, escova, frascos abertos e o que mais você quiser usar. Deixe para limpar e guardar tudo somente depois que o bebê dormir.

* Para a troca de fraldas, mesma coisa: mantenha tudo à mão. Trocador livre de tralhas, estoque de fraldas limpas, garrafa térmica com água quente, pote com bastante algodão. Eu comecei a usar lenços umedecidos somente quando ele tinha 1 mês de idade, mas mesmo assim fiz um teste para ver se ele não tinha nenhuma reação alérgica. Não teve, então passei a usar.

Sono

* Seu bebê não sabe o que é um dia de 24h, mas você pode ir ensinando-o o que é dia e o que é noite. Escureceu, é hora de dormir. Inicie o ritual do sono dando banho, amamentando-o e colocando-o no berço. Deixe-o acordar quando estiver com fome (a não ser por recomendação médica de acordar em intervalos regulares). Quando ele acordar, não acenda a luz nem tire-o do quarto. Dê de mamar ali mesmo, no máximo com a luz de um abajour. Só troque a fralda se tiver feito cocô. Não estimule o bebê. Beije, dê carinho, mas não seja divertida. E coloque-o novamente para dormir.

* Não o deixe dormir mais de 2h por soneca durante o dia. Essa é uma das diferenças do dia para a noite: de dia, você o acorda. De noite, não.

* Estabeleça um ritual do sono.

* Se seu bebê não dorme, provavelmente está com fome, na primeira semana. Bebês satisfeitos dormem rápido. Sim, é difícil e cansativo, mas passa rápido.

* Durma quando ele dormir. Só assim você conseguirá descansar.

Outras coisas

* Quando se sentir bem disposta, deixe tudo limpinho: quarto, berço, mamadeiras. Não se preocupe com a casa inteira agora – somente com o que for relacionado a você e ao bebê. Todo o resto pode esperar. Se você puder ter uma empregada, ótimo para você! Facilitará muito no início.

* Use os momentos de boa disposição do dia para ir colocando ordem em tudo. Se estiver cansada, não faça nada – só descanse. Mesmo se você trabalha em casa, respeite o resguardo. Passa rápido.

* Tenha na agenda as datas de vacinação e das consultas no pediatra.

* Mantenha uma pasta com todos os documentos necessários para quando for em consultas médicas. Isso inclui exames. Uma pasta com divisórias é a melhor opção.

* Organize o horário de visitas para que a sua casa não vire uma bagunça – nem sua vida. Peça para alguém tomar conta disso para você. Eu preferi não receber muitas visitas no início e foi a melhor coisa que aconteceu.

O fundamental desse começo é você ter ajuda. Converse com quem vai te ajudar antes do parto, para não se preocupar depois. O que essa(s) pessoa(s) pode(m) fazer por você:
– comida
– lavar suas roupas e as do bebê
– trocar as lixeiras
– limpar a casa
– trocar as fraldas
– dar banho no bebê

Se você for se virar sozinha (ou no máximo com o seu marido), seguem mais dicas:

* Deixe porções de comida congeladas no freezer para pelo menos as duas primeiras semanas. Acredite: você não terá tempo – nem pique – para cozinhar. Faça isso ainda durante a gravidez.

* Compre roupas a mais quando fizer o enxoval, para precisar lavar menos vezes. Roupas para o bebê e para você também.

* Tenha estoque de tudo para as primeiras duas semanas, no mínimo. Isso vale para fraldas, itens do bebê, comida, roupas, cosméticos seus e outros itens da despensa.

Boa sorte.

This entry was posted in Problemas mais comuns, Recém-nascidos a 3 meses. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s