Notas avulsas.

* Não me conformo com essas eleições e a reação do povo sobre a questão do aborto. Toda a discussão parece tão importante, mas daqui a alguns meses ninguém se lembra de nada disso. Tudo é supervalorizado nas eleições, quem não gosta de política se mete a debater, quem não entende nada e não se informa resolve dar palpite e as agressões rolam soltas. Eu prefiro me abster. Porém, sobre essa questão do aborto, gostaria de dizer duas coisas. Primeira, que não levanto bandeira para candidato algum. Segunda, que a legalização do aborto acontecerá de qualquer forma, seja quem for o presidente. Não estamos falando sobre incentivo ao aborto, mas sobre a legalização de algo que já acontece clandestinamente, colocando a vida das mulheres em risco. Não digo que eu seja contra o aborto, mas sou a favor da liberdade de escolha. Eu não faria, mas o mundo não se resume a mim, certo? Quem acredita que a legalização levará o aborto a ser um método contraceptivo que entre em pânico de uma vez. É o mesmo que dizer que, se a maconha for liberada, gente que não fuma vai começar a fumar. O que mais me deixa tensa é a hipocrisia do brasileiro.

* Outro assunto menos importante (será? vai saber…) mas igualmente debatido foi a festa de aniversário de 1 ano do filho da Ivete Sangalo, cujo tema foi Halloween. Li cada coisa nessa internet de meldels! Que foi mau-gosto, absurdo, feio, assustador, do mal, “normal, porque ela frequenta terreiro de candomblé” etc. Só para esclarecer: Halloween não tem nada a ver com candomblé ou qualquer religião afro-brasileira. É um festival de origem celta, européia, ligado ao paganismo. Não tem nada de anti-cristão também, antes que falem. Não preciso nem dizer que achei o máximo a escolha do tema, porque estamos em outubro, afinal. Aliás, Paul não será mais batizado no dia 31 porque a igreja não fará batizados nesse dia (motivo: segundo turno das eleições). Tipo sinal.

* Amanhã de madrugada começa o horário de verão. Lixo. Detesto o horário de verão, já foi comprovado que ele não economiza energia alguma e existe ainda somente por convenção. A boa notícia é que o Paul não saberá de nada e acordará às 8h em vez das 7h, haha.

This entry was posted in Notas avulsas. Bookmark the permalink.

4 Responses to Notas avulsas.

  1. May Ishii says:

    obrigada por conseguir escrever tudo o que eu sempre falo. morei no japão já e lá o aborto é legal. nunca fui a favor do aborto, mas sempre fui contra a falta da liberdade de escolha. acho que toda mulher tem o direito de escolher entre abortar e jogar um filho no rio pela janela. acontecem coisas absurdas aqui no brasil e ainda existe gente que tem coragem de afirmar que o Brasil é um país laico. OI?adoro seu blog! beijos

  2. A. Alves says:

    Thais simplismente UP seu post! Na boa já temos tantos mitos urbanos por aí que eu não quero saber se a Ivete é ou não é do babado ou se a DIlma é a favor ou não do aborto!!!Por isso que sou totalmente eroupean quando o quesito é o nosso pensamento Brasilis!!!

  3. Thais Bessa says:

    O da Ivete já vi e comentei que é o fim. Sobre as eleições, tb acho esse blabla muito pouco focado no que realmente importa. Esse terrorismo de que a Dilma é novo bicho-papão é demás. Não quer votar nela, beleza, mas dê argumentos decentes.Apenas discordo de vc sobre a questão do aborto. Não acho que vá ser legalizado em um futuro próximo. Quando eu trabalhava no UNIFEM trabalhava com vários movimentos e organizações feministas e nenhum acreditava que fosse acontecer assim, proximamente, pois o lobby do movimento religioso (principalmente Católico, com a CNBB) é forte demais no Congresso.Bjos

  4. Lia says:

    Uma coisa que o pessoal não entende que sendo legalizado ou não, quem quiser fazer aborto VAI fazê-lo… se ele for legal vai ser em uma clínica com todo o apoio e se for ilegal em algum açougueiro por aí.A principal diferença é que o sistema de saúde publica vai poder intervir na prevençao e não tentar reparar o mal de um procedimento mal feito.No final custa menos pros cofres publicos.Thais … adoooro quando vc se reafirma pagã!As pessoas não entendem que não seguir um Deus cristão não quer dizer ser satanista.Parece que o bem e o mal não são príncipios e sim times de futebol … não importa as ações mas pra quem vc torce…Se não está dentro é do contra. Absurdo!Adooorei seu blog …

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s