Please don’t stop the music.

São 8h30, está chovendo e todo mundo está dormindo. Paul acordou às 6h30, dei a mamadeira e ele dormiu de novo. Não sei até que horas vai. Entre o Natal e o ano novo ele estava mamando entre 7h e 8h e dormindo até bem tarde, tipo 11h, meio-dia. Não quis arrumar a rotina porque no revéillon ele também dormiria mais tarde (porque fomos para a casa da mãe do Ande, senão teria sido normal por aqui). Acontece que ontem mesmo ele acordou mais cedo (às 8h) e hoje às 6h30, porque rolou no berço e bateu a cabeça na grade (nós tiramos o protetor da frente há uma semana, para não servir de trampolim). Mas ele tem dormido bem no berço – só no ritual do sono que é mais dependente da gente – aí entra aquela questão de eu não fazer as coisas sozinha etc.

Ontem eu estava relendo o livro rosa da Tracy Hogg e já planejando algumas ações para quando o Paul completar um ano, como a questão do desfralde etc. No capítulo do PU/PD, na parte sobre bebês de 8 meses a 1 ano, ela é enfática ao dizer como a paternidade acidental aparece em sua pior forma e que qualquer solução é mais difícil. Com relação ao que costumamos fazer, só acho que o ritual do sono está errado. Impossível colocar o Paul acordado no berço e ele adormecer sozinho – mesmo ele tendo feito isso até os seis meses, porque eu o ensinei assim. Passou dessa idade, o Ande ficou encarregado de colocá-lo e sempre preferiu fazê-lo dormir na cama com ele, para depois colocar no berço, e então ferrou-se. Gostaria de mudar isso, mas não sei como. Ele já está super acostumado e é um procedimento rápido, mas penso no futuro, pura e simplesmente. Vocês se lembram que eu já comentei diversas vezes aqui sobre a questão de não monopolizar a educação do filho se pai e mãe pensam diferente? Pois é. Longe de querer jogar a culpa nele, mas esse é um exemplo.

Eu quis entrar aqui e comentar algo pois tenho medo de esquecer e não registrar. Paul sempre gostou de música, qualquer uma, mas tem suas preferências. Quando a minha avó fica com ele, ela muitas vezes o coloca no carrinho e fica na garagem balançando e cantando “vamos passear no bosque, antes que o seu lobo venha… venha, seu lobo, venha, seu lobo!”. Ele adora! E agora é a música que o faz parar de chorar se faz alguma manha na hora de dormir. O mais engraçado de tudo é que, quando termina a música, ele está olhando fixamente para o teto, com a chupeta na boca, então emite um “ham!” alto, como se estivesse pedindo para continuar a cantar. E é muito isso mesmo porque já fiz alguns testes e acabo dando risada, porque é tão engraçado. No dia 31, que precisamos pegar três metrôs e dois ônibus para ir à casa da minha sogra (dies), quando ele ficava entediado eu cantava a tal música, e quando terminava ele fazia o tal “ham!”. Daí toco eu a cantar novamente.

Ontem, voltando para casa, só tive mais certeza de como precisamos de um carro. Eu sinceramente nunca fiz questão, sempre gostei de andar a pé e não me importava com transporte público, mas com criança não dá. Além do tempo que se perde esperando um ônibus passar (e a criança ficando impaciente), tem a questão da “bagagem”. Sempre tem a mochila cheia de coisas quando precisamos ir para a casa da mãe do Ande e deixamos de levar muitos itens essenciais por conta disso. Carrinho, cadeirinha de colocar na mesa para comer etc. Quando eu arranjar um novo emprego, vai ser a primeira providência: juntar dinheiro para o carro. E também facilitará horrores para o Ande com relação à banda e tudo o mais, porque carregar equipamento às vezes cansa.

Sinceramente, também ainda não sei o que eu farei com o blog, se privatizarei ou não. Por um lado, é a coisa certa a ser feita, mas por outro, acho que só tirar as fotos já é ok. Enquanto eu não coloco no ar o outro blog que tenho em mente (e nem pensei em nome, fiz planejamento, nada, só tive a ideia), acho que vou levando assim. Veremos.

This entry was posted in 8 meses, Comportamento, Sono. Bookmark the permalink.

15 Responses to Please don’t stop the music.

  1. Olá Thaiz … a poucos dias entrei no seu blog, o antigo, e tive a surpresa de ver que vc estava tirando ele do ar. Sempre entrava silenciosamente nele, olhava o q precisava e sempre indiquei para as gestantes. Eu sei que é uma decisao sua mas será uma pena se vc privatizar o blog. Suas ideias sao claras e organizadas, é mais facil consultar seu blog do q ler o livro da Traci rsrsrs. mas qq que seja sua decisao boa sorte com seus projetos. um grande bj para vc e sua familia e feliz 2011 Marlu siqueira

  2. says:

    Feliz ano novo ^^

  3. Di says:

    Desde a barriga a Rebeca se acalma conosco cantando musicas do Legião Urbana. Funciona ate quando levamos ela no PS, depois de tirar sangue, etc. E repetição é sempre a palavra da ordem, ajuda ela a se acalmar e a gente tambem.Aqui em casa a Rebeca dorme no meu colo, na sala, e depois coloco ela no berço. Ela acostumou e nunca dorme sozinha. Mas eu admiti que foi uma escolha minha, eu adoro esse momento de coloca-la pra dormir. no dia que sai, o Taz fez a mesma coisa que eu e ela dormiu normalmente. E ele entendeu por que faço questão desse momento tão nosso. E eu vi que posso sair tranquila pois mesmo não sendo o ideal, é sim um ritual do sono e que sendo mantido todos ficamos bem e satisfeitos. Acho que a chave esta ai – manter um ritual que funcione e todos possam manter, sem dificuldades.boa sorte ai pra voces, feliz ano novo!E se voce privatizar o blog, acho que a sua ideia de fazer algo sobre dicas e duvidas gerais sobre maternidade e bebes muito boa e eu recomendaria sempre!

  4. Thais Bessa says:

    Ué, o blog não está privatizado? Pediu senha quando eu entrei…A Bebella também tem suas músicas preferidas, ensino muitas musiquinhas com gestos e ela está começaaaando a querer imitar os gestos. Depois faz um vídeo do Paul com a musiquinha! Com o blog privado acho que dá mais segurança.Bebella ainda está toda errada por causa da viagem, agora é consertar. Eu entendo sua preocupação de dormir sozinho, mas quando passar pra caminha vc faz a transição aos poucos, lendo historinha, ficando no quarto até ele dormir, etc. Tudo na vida tem jeito!Aqui não me incomoda não ter carro, porque o sistema de transporte público é excelente, se o ônibus passa no ponto às 14:27, é 14:27, nem um um minuto a mais nem a menos. Os ônibus e metrôs vão pra tudo quanto é lugar, é bem fácil. Faz falta pra viajar, ir pra casa da mãe do Ben e tals, mas não acho que compense comprar por isso, nem temos o dinheiro por enquanto. Acho comprar uma casa bem mais prioridade.Feliz 2011 pra vocês, que seja cheio de saúde e realizações.Bjos

  5. Gleice says:

    Oi Thais!Sobre privatizar o blog ou não eu creio que acima de tudo é uma decisão sua.No entanto eu penso naquelas futuras mães que simplesmente não terão acesso ao tipo de informação que você posta por aqui. Eu conheci o seu blog quando estava com 8 meses de gestação e li de cabo a rabo. Foi super útil e tem sido!Agora, quanta coisa legal as futuras mamães tem perdido com isso: Agora somos 6, Rock and Diapers, O mundo de Vicente…Será que o número de postagens negativas supera o de positivas?Bjocas.

  6. Graziella says:

    Oi Thais!Não tenho filhos mais seu blog é muito útil para as mamães de primeira viagem,gestantes e tentantes. Já estou aprendendo sem estar grávida ou com filhos.Não privatiza não seu blog,só tire as fotos e continua com os posts.Bjssssssssssss.

  7. Adelaide says:

    Olá Thais,É quase impossível pai e mãe concordarem em tudo na criação dos filhos. O jeito é mesmo ceder algumas coisas para não podar o outro ne!Eu que o diga sobre ter um carro: desejo que o consigas o mais rápido possível.O meu guri tbm só dorme assim, nunca consegui fazê-lo dormir sozinho.Bjs

  8. Menina,também não consigo viver sem carro e com o Lucas! Vim para Salvador e só de pensar em sair de ônibus com ele, dá o maior desânimo… Resultado: Lucas mal conheceu Salvador rsrss. Realmente não dá para ficar mofando no ponto de ônibus esperando o mesmo (a outra Thais me deixou morrendo de inveja do transporte público decente em Londres eheheh).Me tira uma duvida, qual a sua idéia com o outro blog? Eu fechei o meu e criei um apenas para postar dicas.. Seria omesmo? Se sim, gostaria de juntar as idéias?Beijão!

  9. Camila says:

    Eu estou tentando fazer Olívia dormir sozinha no berço desde os 3 meses. Não posso dizer que consegui pq 5 entre 10 dias eu tenho que fazer PU/PD, mas já acontece de por ela acordada no berço e ela dormir.Eu sou preguiçosa e moro longe de ponto de onibus, entao ter carro é fundamental. Sem falar q é mais prático né?Feliz ano novo pra vcs!

  10. hauahuhaauh Thais vi o Pablo agora rsrsrs, ele faz isso tmb tipo hãm hãm seja comida, musica, brincadeira, carinho, tudo que ele quer mais ele faz esse som é lindo né fala serio!!!

  11. thais, compartilho da opinião sobre o carro. nós tínhamos um, velhusco, que mais dava problema do que resolvia, até uns 3 anos atrás, quando nos desfizemos dele. nunca sentimos falta – eu e meu marido moramos perto dos nossos trabalhos e dá para fazer tudo a pé, de ônibus ou metrô e de táxi, quando o conforto é indispensável. mas com criança, já viu, né? e olha que a minha é bem pequenininha, vai fazer três meses agora. por aqui, o impasse permanece, pq manter um carro é um custo que não podemos ter por enquanto.boa sorte para vcs aí!

  12. Ana says:

    Thais, feliz ano novo!!! = )Tudo de bom em 2011 para você e sua família!!Estou torcendo para a aquisição do carro. Vc vai ver como vai facilitar muito a sua vida!!! Até pelo ganho de tempo também!! Tudo bem que como vc já é organizada, vc se planeja e se programa para os compromissos. Mas, com criança pequena e bagagens afins depender de transporte público às vezes é complicado.Ah, estou lendo o livro rosa da Tracy!! Você falou algumas vezes dele, que decidi ler!! Já tinha lido o azul, mas acredito que o rosa seja mais completo. Depois te falo sobre as minhas impressões. Só li o início ainda, sobre maternidade paciente e consciente. Constância é essencial!! = )Abraços,Ana

  13. Bia says:

    Menina, fiquei uns dias sem acessar a net e qdo volto, leio o post do e-familly. Também fiquei indignada com a atrocidade e tb tô tentada a deletar minha conta. Que pena vc estar fora, ´viu? Com certeza a humanidade está perdendo uma grande oportunidade de aprender belas coisas contigo. Eu já aprendi muitas e não te largo. Não me deixe de fora, se decidir privatizar. Eu não comento muito, pq minha net é triste de lenta, mas tô aqui sempre. Bj

  14. Talita says:

    Eu preciso reler o livro rosa.Meu bebe tem 7 meses e nao está dormindo longas horas, dorme 4 ou 5 seguidas normalmente.Não privatiza o blog, tem muita informacao. :)Leio faz tempo, mas acho que só comentei uma vez, não tenho blog.Bjo, Talita

  15. Aninha says:

    Tou meio confusa, quanto ao lance da privatização…Se vc privatizar MESMO, vai fazer um cadastro para deixar algumas pessoas que já te seguem, continuarem seguindo?Eu tenho blog há um bom tempo, mas como não coloco muitas fotos, nunca tive problemas… Tem outro blog que sigo, que também será privatizado…Bjs!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s